Show promovido pela Rede Bom Jesus de Comunicação e Rádio Onda Sul FM de Francisco Beltrão

Eleito há três meses, prefeito de Abelardo Luz/SC critica burocracia da gestão pública

por Guilherme Zimermann em 27 de dezembro de 2017 14:18
por Guilherme Zimermann em 27 de dezembro de 2017 14:18

WilamirCavassini

Em seus primeiros meses de atuação na gestão pública, o prefeito de Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina, Wilamir Domingos Cavassini (PSDB), começa a conhecer as diferenças entre administração pública e a privada. Empresário há mais de 30 anos, o chefe do Executivo abelardense criticou a burocracia que dificultam o trabalho dos gestores. “Muitas vezes temos aquela ânsia de fazermos as coisas, mas temos que dar tempo, aguardar prazos. Mas, é uma experiência positiva e já conseguimos encaminhar o município”, analisa.

Eleito através de um processo de eleição suplementar, em cerca de três meses de administração, Cavassini aponta que logo ao assumir encontrou diversas pendências referentes à documentações, problemas já resolvidos, segundo o prefeito, que voltou à criticar a burocracia, que causa a demora na realização de obras e no atendimento às necessidades da população. “Tem coisas que são muito demoradas. Licitações dependem de publicação, recebe proposta, empenha o recurso, é muito papel”, critica, lembrando ainda das dificuldades financeiras que o município enfrenta.

+ Abelardo Luz/SC elege o 19º prefeito de sua história

Sendo essa a sua primeira experiência pública, e não considerando-se político, Cavassini reafirma seu compromisso de realizar uma gestão administrativa, inserindo pontos da área privada no setor público.

Para 2018, o prefeito abelardense aponta que entre as ações do planejamento da administração estão a conclusão de uma escola rural, dos portais de entrada do município – obras paradas há mais de 10 anos, regularização de loteamentos, conclusão de obras de saneamento básico e a reativação do frigorífico de peixes. Ouça a entrevista clicando no player abaixo:

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar