MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Eleições 2018: saiba quanto ganharão os eleitos no próximo domingo (07)

por Guilherme Zimermann em 4 de outubro de 2018 10:20
por Guilherme Zimermann em 4 de outubro de 2018 10:20

No próximo domingo (07), cerca de 30 mil eleitores de Palmas, Sul do Paraná, vão às urnas para a escolha dos representantes da região, tanto no poder Executivo, como presidente da República e governador do Estado, como no Legislativo, com senadores e deputados federais no Congresso e ainda com os deputados estaduais na Assembleia Legislativa (Alep).

O eleitorado palmense ajudará a eleger o novo presidente, o novo governador, que tem o dever de administrar e defender os interesses do Paraná pelos próximos quatro anos, além de definir a renovação de duas das três cadeiras no Senado Federal. Na Câmara dos Deputados, o Paraná tem direito a 30 vagas e na Assembleia Legislativa, serão eleitos 54 parlamentares.

Abaixo, você conhece os detalhes de cada um dos dos cargos em disputa nas eleições 2018.

Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo Federal

Presidente

13 candidatos disputam
1 vaga
O eleitor vota em apenas um candidato e são dois dígitos na urna

Direitos
– R$ 30,9 mil é o salário do presidente da República do Brasil
– Tem direito a ocupar o Palácio da Alvorada e a Granja do Torto; ter assessores especiais e cargos de confiança; plano de saúde que cobre todas as despesas (até as de familiares diretos); cartão corporativo com limite que varia de acordo com o orçamento; viajar nos aviões da Força Aérea Brasileira, inclusive para viagens particulares.

Principais funções
– Representar o país no mundo e fazer a gestão do Brasil
– Nomear ministros, magistrados e comandantes das Forças Armadas
– Vetar ou sancionar as leis que passam pelo Congresso Federal
– Pensar em políticas públicas

Palácio Iguaçu, sede do governo paranaense

Governador
10 candidatos disputam no Paraná
1 vaga
Eleitor vota apenas em um candidato e são dois dígitos na urna
Direitos
– R$ 33,7 mil é o salário do governador do Paraná
– A Constituição Federal estipula que um governador não pode receber nenhuma outra forma de renda além do salário
– Residência Oficial do governo é a Granja do Canguiri, na região metropolitana de Curitiba

Principais funções
– Representar o Estado nas relações políticas, administrativas e jurídicas
– Defender os interesses do Estado
– Garantir recursos em conversas com o presidente e ministros
– Investir em obras de infraestrutura

Palácio Nereu Ramos – sede do Congresso Nacional Brasileiro. A cúpula côncava, representa o Senado Federal. A convexa, a Câmara dos Deputados.

Senador
14 candidatos disputam
2 vagas
Eleitor vota em dois candidatos e são três dígitos na urna
Ao todo, o Senado conta com 81 senadores, três por Estado e o Distrito Federal

Direitos
– R$ 33,7 mil é o salário de cada senador da República
– R$ 5,5 mil de auxílio-moradia por mês, que pode ser usado para aluguel ou diárias em hotel
– Varia entre R$ 353 a R$ 581 o valor das diárias dependendo do deslocamento
– Podem nomear até 11 pessoas para cargos comissionados, além dos seis funcionários efetivos em cada gabinete
– Tem direito vitalício a reembolso das despesas médicas e também das despesas médicas dos cônjuges e dependentes até 21 anos – ou até 24, se forem universitários
– R$ 32,5 mil é valor mensal da cota para o exercício da atividade parlamentar dos senadores do Paraná, que também já integra o custo com cinco passagens aéreas entre Brasília e a Capital do Estado

Principais funções
– Representar o Estado
– Elaborar, debater e aprovar leis
– Revisar projetos aprovados na Câmara dos Deputados
– Legislar, fiscalizar o trabalho do presidente e deputados, autorizar nomes indicados pelo presidente para cargos importantes e julgar eventuais processos, como os de impeachment

Deputado Federal
427 candidatos disputam (desconsiderando renúncias de candidaturas e indeferimentos por parte da Justiça Eleitoral)
30 vagas
Eleitor vota em apenas um candidato e são quatro dígitos na urna
Ao todo, são 513 deputados

Direitos
– R$ 33,7 mil é o salário de cada deputado federal, que ainda conta com uma ajuda de custo equivalente a dois salários, um no início e um no fim do mandato, para gastos com mudança
– R$ 38,8 mil é o valor mensal destinado à cota para o exercício da atividade parlamentar para os deputados federais do Paraná – o valor varia de Estado para Estado. Algumas das despesas que esse montante cobre são passagens aéreas, telefonia, hospedagem, locomoção, combustível que é limitado a R$ 4,5 mil por mês e segurança, com gasto também limitado a R$ 4,5 mil mensais.
– R$ 106,8 mil por mês é o total que um deputado pode usar para custos com contratação de pessoal. Ao todo, cada deputado pode ter até 25 secretários parlamentares e os salários variam entre R$ 980 e R$ 15 mil
– R$ 4,2 mil é o total do auxílio-moradia dos parlamentares do legislativo federal. Os que moram nas residências funcionais em Brasília, ao todo são 432 imóveis, não recebem o auxílio
– Os deputados federais ainda têm as despesas de saúde, relativas a internação, pagas integralmente e acesso ao plano de saúde dos funcionários sob o custo de R$ 249; cota gráfica, limitado a 120 mil cópias por semestre e, no papel timbrado e pasta personalizada, até 10 mil cópias por semestre, e a assinatura de cinco jornais ou revistas

Principais funções
– Sugerir, modificar e votar projetos de lei
– Autorizar processos de impeachment
– Legislar, fazendo leis em nível nacional
– Fiscalizar, principalmente as ações do presidente
– Representar em Brasília o povo do Estado que o elegeu

Palácio 19 de dezembro, sede do Poder Legislativo Estadual

Deputado Estadual
Cerca de 740 candidatos disputam
54 vagas na Assembleia Legislativa
Eleitor vota em apenas um candidato e são cinco dígitos na urna

Direitos
– R$ 25,3 mil é o salário de cada deputado estadual
– R$ 96,5 mil é o total da cota do gabinete parlamentar para pagamento de comissionados – no máximo 23
– R$ 31,4 mil é o valor mensal que cada gabinete parlamentar pode gastar com outras despesas, como diárias, passagens, combustível para o deputado, e despesas telefônicas e de almoxarifado, no caso do gabinete.

Principais funções
– Fiscalizar o trabalho do governador
– Fazer leis que se aplicam apenas no Estado
– Sugerir e votar projetos de lei
– Elaborar o orçamento estadual

Compartilhar