Deputados da Carta de Palmas “gazeiam” sessão às vésperas de jogo do Brasil

por Guilherme Zimermann em 27 de junho de 2018 14:38
por Guilherme Zimermann em 27 de junho de 2018 14:38

A seleção brasileira de futebol entra em campo às 15 horas desta quarta-feira (27), enfrentando a Sérvia, pela Copa do Mundo. O jogo paralisa a Câmara dos Deputados. O Legislativo funcionou em horário especial, somente até 13h, sem a realização de sessões plenárias.

Conforme matéria do jornal Gazeta do Povo, independentemente do jogo da seleção, o movimento já é atípico no Legislativo há algum tempo, em ritmo de pré-campanha eleitoral e agora com Copa e festas juninas pelo país.

Na terça-feira (26), por exemplo, a reunião que deliberaria o nome do relator da “PEC da reforma tributária”, marcada para as 10 horas, só começou 50 minutos depois, quando se atingiu o quórum mínimo para abrir os trabalhos. Luiz Carlos Hauly (PSDB), da bancada do Paraná, foi eleito para a função.

Na sessão do plenário, também na manhã de ontem (26), 252 parlamentares registravam presença no painel eletrônico, de um total de 513. Na bancada do Paraná, nem metade apareceu na Casa. Dos deputados federais que assinaram a Carta de Palmas em 2014, somente um bateu o ponto – João Arruda (MDB).

Além dele, estavam presentes na sessão Alfredo Kaefer (PP), Assis do Couto (PDT), Christiane Yared (PR), Hermes Parcianello (MDB), Leopoldo Meyer (PSB), Luciano Ducci (PSB), Luiz Nishimori (PR), Nelson Meurer (PP), Rubens Bueno (PPS), Sandro Alex (PSD) e Sergio Souza (MDB).

Dos deputados que representam o município de Palmas, Aliel Machado (PSB); Fernando Giacobo (PR); Leandre (PV); Osmar Serraglio (PP); Valdir Rossoni (PSDB) e Zeca Dirceu (PT), “gazearam” a sessão, às vésperas do jogo da seleção.

Compartilhar