Show promovido pela Rede Bom Jesus de Comunicação e Rádio Onda Sul FM de Francisco Beltrão

Candidatos devem se preocupar com possibilidade de elevado índice de abstenções neste ano

por Redação RBJ em 19 de julho de 2016 10:26
por Redação RBJ em 19 de julho de 2016 10:26

Embora as questões, cenários e quadros eleitorais sejam de nível local, o descrédito com representantes políticos, envoltos em intermináveis denúncias de corrupção e os nefastos efeitos da crise e política econômica no Brasil, deverá influenciar no comportamento do eleitorado na hora do voto nas eleições municipais deste ano para prefeito e vereadores.

A preocupação neste momento é muito mais com os assuntos e necessidades imediatas do que com as disputas eleitorais, em que o eleitor se mostra apático à temática eleitoral, mesmo estando muito próximo dos agentes. Projeções, a partir de resultados de pesquisas, apontam que a decepção pode desencadear um elevado número de votos brancos, nulos e abstenções.

Em Palmas, sul do Paraná onde naturalmente o índice de abstenções é elevado, a atual conjuntura pode motivar o eleitor a inflar o percentual de não comparecimento às urnas neste ano. O levantamento por esta redação aponta que as eleições municipais realizadas desde a virada do século, o percentual de abstenções tem se mantido na média de 17,5% do eleitorado.

Em 2000, 3.712 votos deixaram de serem depositados nas urnas. De um total 21.148 apenas 17.436 eleitores compareceram para votar. Em 2004(24.133), o índice de não comparecimento chegou aos 16% com 3.363 votos. No ano de 2008, de 26.066 inscritos, 21717 compareceram as urnas, 16,69%. No último pleito municipal, em 2012, o percentual de abstenções aumento para 19,53%. Dos 27.829 eleitores, 5436 votantes não compareceram.

O colégio eleitoral de Palmas teve aumento de 41,84% entre 2000 e 2016. Conforme o Tribunal Superior Eleitoral o município conta com 29.998 votantes aptos para 02 de outubro. Tomando-se por base as eleições anteriores, projeções apontam que os votantes que irão as urnas neste ano serão de no máximo 23 a 24 mil eleitores.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar