Refugiados asiáticos e africanos são encontrados em condições precárias de trabalho em Xanxerê/SC

por Guilherme Zimermann em 12 de setembro de 2017 9:57
por Guilherme Zimermann em 12 de setembro de 2017 9:57
Foto:PRF

Foto:PRF

Um coletivo foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-282, em Xanxerê, Oeste de Santa Catarina, na segunda-feira (11), transportando vendedores ambulantes refugiados de Bangladesh, Índia, Senegal e China, todos com situação de ingresso irregular no Brasil. O ônibus não possuía autorização da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para o fretamento de passageiros.

O veículo, com placas de Cruzília/MG, sofreu uma pane mecânica e estava parado nas margens da rodovia, no km 511. No seu interior, a PRF encontrou 24 passageiros, todos estrangeiros. Mesmo que em situação irregular no país, a suspeita era de precarização das condições de trabalho, já que os passageiros não faziam uma refeição há quase 24 horas.

O Ministério Público do Trabalho e o Ministério do Trabalho e Emprego de Chapecó foram acionados para acompanhar a ocorrência e realizaram as oitivas preliminares para a abertura de um inquérito sobre a situação dos ambulantes, que trabalham no sistema de comissão. Os passageiros do ônibus foram levados para um restaurante antes de seguirem com outro coletivo para São Paulo.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar