Show promovido pela Rede Bom Jesus de Comunicação e Rádio Onda Sul FM de Francisco Beltrão

Ministério Público apresenta denúncia sobre chacina de São Domingos/SC

por Redação RBJ em 28 de julho de 2016 10:23
por Redação RBJ em 28 de julho de 2016 10:23

Sete pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) acusadas de participação na chacina ocorrida no dia 12 de junho em São Domingos, Oeste de Santa Catarina. Na ocasião, cinco pessoas foram torturadas e mortas. Os corpos foram localizados carbonizados dentro de um veículo VW/Gol, no interior do município.

Dos denunciados, dois seguem foragidos. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Paulo José Reis Venera, o inquérito foi concluído no começo de julho. No último dia 13, o MP fez a denúncia.

O crime ocorreu em uma boate, na comunidade Alto da Serra. As sete pessoas denunciadas foram indiciadas pela morte de quatro homens e um adolescente no local. Todos os sete foram denunciados pelos crimes de homicídio duplamente qualificado e tortura. Cinco foram denunciados por esses dois delitos e mais ocultação de cadáver. O sétimo, pelos três crimes e ainda por furto.

As investigações apontam que as cinco vítimas foram assassinadas ainda na boate, tendo sido levadas sem vida em uma caminhonete até uma estrada vicinal, local em que os corpos foram colocados dentro do veículo VW/Gol, placas DEA-2074 de Galvão (SC),  que foi incendiado na sequência.

A Polícia Civil aguarda ainda o resultado da perícia balística para descobrir de quantas armas foram feitos os disparos. Na última segunda-feira (25), a boate onde ocorreu o crime foi totalmente consumida por um incêndio. O Corpo de Bombeiros suspeita que o incêndio tenha sido criminoso, já que a incineração foi rápida e em diversos pontos simultâneos do estabelecimento.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar