MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Acusados de provocar acidente que matou pai e filho foram a júri popular

por Everton Leite em 2 de Fevereiro de 2018 15:41
por Everton Leite em 2 de Fevereiro de 2018 15:41

Os jovens Alan Junior Hunning, 20, Everton Delina Quintiliano, 20 e Eduardo de Almeida Nath, 24 foram julgados por Júri popular realizado no tribunal do júri da Comarca de Francisco Beltrão. O veredito foi anunciado às 3h, desta sexta-feira, 02, pela juíza Janaína Monique Zanelatto Albino depois de 18 horas de audiência.

Alan e Everton foram condenados a 32 anos de prisão, inicialmente em regime fechado. Como já estavam na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, assim que terminou o julgamento, voltaram para lá. Enquanto que o jovem Eduardo, respondeu em liberdade, não compareceu ao júri, e já teve expedido o mandado de prisão e deve cumprir pena de 14 anos.

O fato registrado dia 06 de abril de 2016

Foram mais de 15 quilômetros de perseguição até que a Polícia Militar de Francisco Beltrão conseguisse prender uma dupla suspeita de roubar uma propriedade rural em Dois Vizinhos na noite de quarta-feira,6. Durante a perseguição, eles bateram contra uma motocicleta que tinha dois passageiros – o garupa de 14 anos foi internado em estado grave e morreu durante a madrugada de quinta-feira, 7.

Os criminosos invadiram uma propriedade rural em Dois Vizinhos e roubaram uma caminhonete Hilux, fugindo em sequência pela PR-180 sentido Francisco Beltrão. Os policiais encontraram o grupo na altura do trevo de Verê, e a partir daí teve início a perseguição, que só foi acabar na área urbana de Beltrão.

O veículo seguiu pelas Avenidas Atílio Fontana, Silvio Barbieri e ao chegar na General Osório, no bairro Guanabara, bateu em uma Honda Biz ocupada por pai e filho, que ficaram gravemente feridos. O adolescente de 14 anos, identificado como Gustavo Henrique Lunelli, foi internado em estado grave no Hospital Regional, mas morreu durante a madrugada. O pai dele, Dirceu Assis Lunelli, continua internado em estado grave.

Mesmo com a camionete bastante danificada, a fuga continuou por outras ruas da cidade até a Portal do Bairro Alvorada, na Avenida Porto Alegre, onde a camionete foi abandonada pelos dois ocupantes que tentaram fugir a pé, mas acabaram sendo presos. Alan Junior Hunning e Everton Delina Quintiliano, ambos de 18 anos, confessaram ter cometido o assalto em companhia de mais dois homens que não foram localizados pela polícia. Eles foram encaminhados à 19ª Subdivisão Policial (19ª SDP) onde também foi feita a entrega da camionete Hilux, que ficou com bastante danificada.

 

 

Compartilhar