Vividenses terão conta de luz mais cara a partir deste domingo

por Edson Zuconelli em 22 de agosto de 2018 8:10
por Edson Zuconelli em 22 de agosto de 2018 8:10
Esta matéria utiliza fontes de: Radioagência Nacional EBC

Até o fim deste mês consumidores de seis estados vão passar a pagar mais caro pela energia elétrica. As autorizações foram aprovadas na terça-feira (21) pela Aneel,  Agência Nacional de Energia Elétrica.

Domingo, dia 26 de agosto, entram em vigor as novas tarifas dos consumidores atendidos pela Forcel em Coronel Vivida, sudoeste do Paraná. Os consumidores residenciais desta localidade vão pagar 20,51% a mais nas contas de luz.

Em São Paulo e Mato Grosso do Sul os reajustes começam a valer a partir da próxima segunda-feira. O aumento, de 23,12%, atinge os consumidores residenciais atendidos pela Elektro.

Já os consumidores do Maranhão e da Paraíba terão as contas reajustadas a partir de terça-feira. No Maranhão, a Cemar vai reajustar as tarifas das residências em 16,67%, e na Paraíba, o reajuste residencial da EPB vai ser de 15,29%.

Na quarta-feira entram em vigor os reajustes em Santa Catarina. No estado, duas distribuidoras fazem reajuste. A Coperaliança vai aumentar a tarifa residencial em 12,47% e a João Cesar em 8,33%.

Com os reajustes, os consumidores residenciais destas localidades que pagam uma conta de 10 reais, por exemplo, vão ter um aumento que vai  de  R$ 0,83  a  R$ 2,30.

Também sofrerão reajustes as tarifas de consumidores alta tensão, como indústrias e comércios. Os percentuais variam de 9,48% a 26,75%. O risco hidrológico, a alta do dólar e os encargos do setor estão entre as justificativas para os reajustes.

Compartilhar