Veterinário alerta para câncer em gatos

por Juliana Raddi em 13 de Março de 2019 16:25
por Juliana Raddi em 13 de Março de 2019 16:25

Nesta quarta-feira (13), o Médico Veterinário José Carlos Zanella, participou da programação da Rádio Onda Sul FM com o quadro “Onda Animal”. Na ocasião, entre outras perguntas, foram esclarecidas dúvidas sobre câncer em gatos.

  • Minha gata está com nódulos nas mamas e indicaram esperar para ver se aumenta o tamanho do nódulo. O que devo fazer?

O veterinário inicia explicando que jamais se deve aguardar por um aumento no nódulo, “qualquer aumento de tamanho de tecido perceptível no corpo do animal, deve-se procurar o médico veterinário, que vai biopsiar e identificar”.

(Imagem Ilustrativa)

Zanela esclareceu o mito de que “mexer” nessas bolinhas faz com que elas se espalhem, “não é verdade isso, a gente precisa saber o que é. Existe um protocolo terapêutico que faz desde uma remoção simples, até a quimioterapia conservadora, citorredução e cirurgia”. Cada caso, cada tipo de tumor deve ser identificado através de biópsia, para assim ser avaliado e iniciar o tratamento.

Existem especialistas na área de oncologia inclusive em Francisco Beltrão, “o que não pode, é perceber um nódulo e esperar para ver se cresce, porque vai crescer e você tem que enfrentar ele um dia”.

Nódulos mamários com menos de um centímetro, tem 80 a 85% de controle total, ou seja, com uma boa abordagem cirúrgica, o animal não corre risco de vida. Quando esse nódulo passa de 2 ou 3 cm, o controle fica mais complicado. “Procure o veterinário o quanto antes, assim que perceber essa alteração. Vale destacar que, em felinos os índices são ainda mais preocupantes, por isso a importância de se abordar o quanto antes possível”.

Confira o áudio:

Compartilhar