MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Vendaval e granizo provocam estragos e transtornos na região

por Evandro Artuzzi em 2 de outubro de 2017 9:10
por Evandro Artuzzi em 2 de outubro de 2017 9:10

Barracão da APAE em Francisco Beltrão. Foto de divulgação

Barracão da APAE em Francisco Beltrão. Foto de divulgação

Chuva, vento e granizo. Essa combinação provocou estragos em vários municípios da região Sudoeste do Estado entre a tarde e a noite deste domingo (1). Em Francisco Beltrão, segundo a Defesa Civil, foi registrada a queda de árvores em rodovias e problemas na cobertura de casas e prédios públicos. Também houve problemas no fornecimento de energia elétrica e algumas comunidades do interior ficaram horas sem o fornecimento.

Na Apae, que fica na região da Água Branca, o vento forte derrubou parte da estrutura de um barracão, onde ficam os veículos da entidade. Apesar dos danos, ninguém se feriu. Corpo de Bombeiros e Defesa Civil trabalharam intensamente para atender os chamados.

Granizo no interior de Dois Vizinhos. Foto de divulgação

Granizo no interior de Dois Vizinhos. Foto de divulgação

No município de Verê, que fica a cerca de 20 quilômetros de Francisco Beltrão, uma forte chuva de granizo foi registrada no período da tarde. O solo ficou branco com gelo que acumulou. Não foram registrados grandes estragos, mas a população ficou bastante assustada. Também teve chuva de granizo em Dois Vizinhos, principalmente no interior. Quem também enfrentou problemas com vento e granizo foram os moradores da região de fronteira com a Argentina, como Pérola do Oeste e Santo Antonio do Sudoeste.

Em Renascença e Marmeleiro, também na região de Beltrão, algumas casas tiveram danos na cobertura e árvores caíram na PR-180, entre Marmeleiro e Francisco Beltrão. Com isso, o trânsito ficou lento até a liberação da pista. Na PR-182, entre Realeza e Ampére, também houve queda de árvores e a Defesa Civil foi acionada para desobstruir a pista. Outro trecho de rodovia que teve o trânsito interrompido por conta da queda de árvores foi a PR-180, entre Francisco Beltrão e Dois Vizinhos. Uma árvore de grande porte caiu próximo da comunidade do Rio Tuna.

Estrutura da Havan em Pato Branco também foi danificada pelo vendaval. Foto de divulgação

Estrutura da Havan em Pato Branco também foi danificada pelo vendaval. Foto de divulgação

Em Pato Branco, o vendaval derrubou postes em frente à base do SAMU e impossibilitou por algumas horas a saída de ambulâncias. Na BR-158, placas indicativas caíram na pista e motoristas foram obrigados a transitar por caminhos alternativos. Na loja de departamentos Havan também foram contabilizados prejuízos, principalmente no espaço onde funciona a praça de alimentação. Ainda na cidade, a estrutura de um circo foi comprometida e quatro pessoas ficaram feridas.

Postes caídos em frente a base do SAMU em Pato Branco. Foto: Nogueira Filho

Postes caídos em frente a base do SAMU em Pato Branco. Foto: Nogueira Filho

Em Francisco Beltrão, de acordo com dados do instituto de Olho no Tempo, a rajada de vento foi de 82 Km/h. Em Dois Vizinhos chegou a 101,8 Km/h e 108 Km/h em Planalto. A Defesa Civil prestou atendimentos em toda região e deve emitir nesta segunda-feira (2) os dados oficias relacionado aos estragos.

Placa de sinalização cai na BR-158, em Pato Branco.

Chuva de granizo em Pérola do Oeste

Chuva de granizo em Dois Vizinhos

Chuva de granizo no interior de Verê 

Fotos da região: Divulgação WhatsApp

 Outros estragos registrados em Pato Branco. Fotos de Nogueira Filho e Edinei Oldoni

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar