MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

“Um ano que promete intensos debates nacionais”, diz o deputado Assis do Couto

por Francione Pruch em 31 de Janeiro de 2018 19:39
por Francione Pruch em 31 de Janeiro de 2018 19:39

Deputado Assis do Couto / Foto: Assessoria

A Câmara dos Deputados Federais inicia nesta sexta-feira (02), os trabalhos de 2018. As atividades retornam com projetos polêmicos na pauta, dentre eles a Reforma da Previdência (PEC 287/16), a qual o governo espera que seja votada dia 19 de fevereiro. Ao meio desse cenário de reformas, o ano também promete, tem a Copa do Mundo, Eleições, fatos que devem desviar as atenções dos principais problemas do Brasil.

Para o Deputado Federal Assis Miguel do Couto (PDT), o retorno das atividades começa sob pressão. “O governo está pressionando, existe um movimento forte do mercado financeiro de que é preciso reformar ou destruir a previdência social. O governo está desesperado, quer pagar a conta para o mercado aprovando a reforma”.

O primeiro semestre deste ano é a última chance do Presidente Michel Temer (PMDB) conseguir passar na câmara as mudanças na previdência, caso contrário o papel ficará para o próximo presidente. “Será um debate intenso, com repercussão nacional e internacional. Terá muita malandragem, compra de votos, uso do próprio orçamento para arrumar voto”.

A sessão solene de abertura oficial dos trabalhos legislativos será segunda-feira (5). O deputado acredita que além da reforma, os eventos programados para este ano, como a Copa do Mundo e as Eleições, a corrida eleitoral deve chamar mais atenção, principalmente se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa ou não do pleito. “As pesquisas já indicam com o Lula um cenário, sem ele outro cenário. Mas esse será o grande debate de 2018. Um ano que promete grandes debates nacionais”, afirma Couto.

 

 

 

Compartilhar