Sudoeste gerou mais de 3,5 mil empregos em 2017

por Guilherme Zimermann em 1 de Fevereiro de 2018 14:47
por Guilherme Zimermann em 1 de Fevereiro de 2018 14:47
Sudoeste do ParanáParaná

O Sudoeste do Paraná fechou o ano de 2017 com 3,5 mil novos empregos. O resultado é quatro vezes maior que o registrado em 2016, de acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho.

Ao todo, os 42 municípios da região foram responsáveis por 58,4 mil contratações e por 54,8 mil demissões. O maior empregador da região foi Pato Branco, que obteve um saldo de 1.966 novos postos de trabalhos preenchidos. Em seguida aparece Francisco Beltrão, com 588. Palmas foi o terceiro, com 276.

Na outro ponta, onze municípios amargaram saldos negativos – quando mais trabalhadores são demitidos que contratados. O pior resultado foi o de Capanema, com menos 286 empregos.

Do total de empregos gerados no Sudoeste, 64,6% dos trabalhadores são homens. As mulheres são 35,4%.

Em nível de Estado, foram 7,7 mil empregos gerados no último ano, um resultado melhor que o de 2016, quando o Paraná amargou o fechamento de quase 59,5 mil postos de trabalho. Por sua vez, o Brasil apresentou, mais uma vez, saldo negativo nos empregos. No entanto, os números são um pouco melhores que os de 2016.

Compartilhar