MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Secretária de Saúde de Candói alerta para os riscos do AVC

por Evandro Carlos Artuzzi em 29 de outubro de 2018 17:14
por Evandro Carlos Artuzzi em 29 de outubro de 2018 17:14
Esta matéria utiliza fontes de: Redação com assessoria

No dia 29 de outubro é comemora o Dia Mundial de Combate ao AVC – Acidente Vascular Cerebral. A finalidade é conscientizar as pessoas sobre as formas de prevenção da doença cerebral que mais mata no Brasil. Para isso a Secretária de Saúde de Candói traz algumas informações para a população ficar atenta aos sinais.

Segundo o secretário de Saúde, Juarez Antonio Turco, o AVC ou comumente conhecido como derrame cerebral ocorre quando há uma obstrução de vasos sanguíneos da região cerebral. “Vários fatores alterados podem levar um indivíduo a sofrer com um AVC. Hipertensão, diabetes, colesterol elevado, excesso de peso, fumo e sedentarismo, histórico familiar. Quando isso ocorre, a parte do cérebro atingida começa a ser destruída. A janela terapêutica para inibir os efeitos no organismo é de apenas 4h30, por isso é necessário que seja tratado o quanto antes. Há dois tipos de AVC: o Isquêmico e o Hemorrágico, porém o mais letal é o hemorrágico, que acontece quando uma veia se rompe. Geralmente acontece quando o paciente possui pressão alta crônica”, explica.

A Secretaria de Saúde, trabalha na prevenção, mediante Grupos de Combate ao Tabagismo, NASF que visita todas as comunidades repassando informações sobre saúde e qualidade de vida e os PSFs trabalham intensamente em suas comunidades. Além disso, é recomendado praticar exercícios físicos, não abusar de álcool e cigarros e controlar a obesidade.

O Ministério da Saúde mostra que cerca de 100 mil pessoas morrem todos os anos de AVC no Brasil, um número superior ao total de mortes causadas por malária, tuberculose e AIDS juntas no país.

Compartilhar