Relatório da ANA aponta que barragens da região estão com alto risco de rompimento

por Guilherme Zimermann em 29 de Janeiro de 2019 14:23
por Guilherme Zimermann em 29 de Janeiro de 2019 14:23

Duas barragens localizadas na região de Palmas, Sul do Paraná, apresentam alto risco de rompimento, segundo o último Relatório de Segurança de Barragens, divulgado pela Agência Nacional de Águas (ANA) em novembro de 2018.

Com dados referentes ao ano de 2017, o relatório aponta que as barragens Coronel Domingos Soares, instalada no município homônimo, e a barragem São Bento, em General Carneiro, estão em alto grau de risco. A categoria de risco refere-se a aspectos da própria barragem que possam influenciar na possibilidade de ocorrência de acidente, como a condição da estrutura. Segundo a ANA, as duas barragens são utilizadas, principalmente, para fins recreativos.

O Paraná tem, ao todo, 450 barragens instaladas em seu território. Dessas, apenas 79 (17,5% do total) receberam alguma inspeção desde 2015. A questão, inclusive, foi citada pela ANA em seu relatório, com o órgão apontando haver apenas quatro funcionários no Instituto de Águas do Paraná atuando na fiscalização.

Em 2016, uma barragem de um tanque de peixes, em União da Vitória, não suportou o volume de chuvas e se rompeu. Uma casa foi arrastada e o morador, um homem de 66 anos, também foi levado pela água. Seu corpo foi encontrado há mais de 100 metros do local onde a casa foi construída.

Compartilhar