MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Região com novo recorde na produção de soja

por Ivan Cezar Fochzato em 26 de julho de 2018 10:15
por Ivan Cezar Fochzato em 26 de julho de 2018 10:15

O Departamento de Economia Rural(DERAL) fechou o levantamento da produção e produtividade da safra 2017/2018 na área do Núcleo da Agricultura de Pato Branco. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira(25) pelo engenheiro agronômico, Josemar Bannach Fonseca, no Programa Pauta Dinâmica, da Rádio Club de Palmas.

Nos 15 municípios, houve recorde na produção de soja com 1 milhão e 203 mil toneladas colhidas. Com relação ao milho, foi a menor safra dos últimos anos, por conta da redução da área plantada. O feijão teve perdas acentuadas pelo excesso de chuva no período de colheita. “A região enfrentou uma seca muito grande no período de plantio em setembro, primavera fria e muita chuva entre entre o novembro e início dezembro. Isso afetou todo o ciclo produtivo”, avaliou o engenheiro.

Dos 370 mil hectares de áreas cultivadas na região,  nesta última safra apenas 4,7% foi ocupada com milho  e 87% foi destinada à soja. Na safra 2016/2017 já haviam sido colhidas 1 milhão e 130 mil toneladas da oleaginosa. “A grande cultura da região é a soja, seguindo o cenário estadual”, avaliou Bannach.

Foram colhidas apenas 180 mil toneladas de milho.  A cultura está migrando para a chamada safrinha, onde no Paraná se impede o plantio de soja no período do vazio sanitário  implantado para impedir  surgimento de pragas nas lavouras, como a ferrugem asiática. “Os agricultores estão aproveitando para plantar a soja mais cedo e aproveitar bem as áreas na primeira safra”, disse ele.

MUNICÍPIO DE PALMAS
A produção de soja este ano no município foi 110 mil toneladas, volume 4,7% superior à safra passada. “Na microrregião, as lavouras de Palmas, Coronel Domingos Soares, parte de Clevelândia e Mangueirinha, não sofreram tanto os impactos climáticos como à região e, com isso, tivemos uma produtividade média de 140 sacas por alqueire de soja”, disse ele. Na média regional, a produção foi de 150 sacas.

Compartilhar