Show promovido pela Rede Bom Jesus de Comunicação e Rádio Onda Sul FM de Francisco Beltrão

Região colherá 1,1 milhão de toneladas de soja

por Ivan Cezar Fochzato em 2 de Abril de 2018 11:35
por Ivan Cezar Fochzato em 2 de Abril de 2018 11:35

A colheita  da soja da safra 2017/2018 na área do Núcleo da Secretaria da Agricultura em Pato Branco, já foi concluída em 75% das lavouras. Na avaliação geral é do Departamento de Economia Rural(DERAL), a produtividade é normal, também para o milho.

Conforme o engenheiro agrônomo do órgão, Josemar Banach Fonseca, na microrregião( Palmas, Coronel Domingos Soares e parte de Mangueirinha, Honório Serpa e Clevelândia) pelo clima mais frio e cultivares mais tardias, apenas 40% das lavouras foram colhidas. Nos demais municípios, o percentual já ultrapassa os 90%, em média.

A previsão para a oleaginosa é de 1,1 milhão de toneladas, com produtividade entre 140 a 150 sacas por alqueire na região de Palmas e entre 150 e 160 sacas nos municípios de maior temperatura do Núcleo. Explicou que a soja  eve ampliação e incorporação de novas áreas, que com o uso de tecnologias, garantem boa produtividade.“Este ano voltou ao padrão de normalidade. Na safra passada é que foi excecional, com produtividade até 30% superior que a média”, avaliou.

Umas preocupações é com os produtores de semente de soja, que por conta do atraso da colheita pela chuva, pode influenciar no padrão exigido e ocasionar perda de ate 20% de bonificação pelo produto.

MILHO
Na microrregião de Palmas  apenas 20% das lavouras foram colhidas, diferentemente dos demais municípios que praticamente já encerraram o ciclo.  Na média regional produtividade fechar entre 38º e 400 sacas por alqueire, com menor volume nos municípios mais ao sul.
FEIJÃO
Os números ainda não foram fechados, mas conforme Banach Fonseca, as condições climáticas adversas com escassez hídrica na fase de desenvolvimento e chuva na colheita ocasionaram queda acentuada na projeção do DERAL

Compartilhar