Racismo em Palmas ainda é muito grande, diz Diretora de Escola Quilombola

por Ivan Cezar Fochzato em 22 de Março de 2018 17:25
por Ivan Cezar Fochzato em 22 de Março de 2018 17:25

Estudantes do Colégio Estadual Quilombola Maria Joana Ferreira de Palmas, sul do Paraná,  realizaram na quarta-feira(21) diversas atividades alusivas ao Dia Internacional de Luta contra o Racismo.  Além de uma caminhada pelas ruas centrais, ocorreram panfletagem danças, capoeira, artesanato e homenagens à personagens da luta por igualdade racial. Conforme a Diretora da Escola, Rosemari Ferreira da Silva, a discriminação contra o negro ainda é muito forte em Palmas.

Em Palmas estão  reconhecidas pela Fundação Palmares, as comunidades Quilombolas Maria Adelaide no Bairro São Sebastião do Rocio; Castorina Maria da Conceição, no Bairro Fortunato e Tobias Ferreira no Pitanga.

Compartilhar