Show promovido pela Rede Bom Jesus de Comunicação e Rádio Onda Sul FM de Francisco Beltrão

Projeto “Corredor Sudoeste” é debatido por lideranças na Amsop

por Redação RBJ em 16 de julho de 2016 16:52
por Redação RBJ em 16 de julho de 2016 16:52

Durante reunião pública sexta-feira (15), em Francisco Beltrão, teve início o processo de discussão sobre a implantação do Corredor Sudoeste, com a modernização das rodovias PRs-280,483 e 182, a partir da concessão do trecho entre Realeza e Palmas para a iniciativa privada. “O debate deve ser mantido para que toda a sociedade possa contribuir com o processo”, afirmou o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, que participou e coordenou o evento.

No encontro, foi apresentado um estudo elaborado pelo Consórcio Caminhos do Sudoeste, que prevê o aumento de 40% na capacidade das rodovias do corredor no trecho de 285 quilômetros entre Realeza (entroncamento com a BR 163) e Palmas (entroncamento com a BR 153). Além disso, a proposta inclui a duplicação de trechos urbanos, contornos, implantação de 170 quilômetros de terceiras faixas e reformulação de trevos de acesso em diversos municípios.

Lideranças regionais formaram a mesa de autoridades duante o evento. Foto: Divulgação Casa Civil Governo do Paraná

Lideranças regionais formaram a mesa de autoridades duante o evento. Foto: Divulgação Casa Civil Governo do Paraná

De acordo com Rossoni, o propósito da reunião foi oferecer uma proposta concreta de melhoria da infraestrutura rodoviária regional e abrir um canal de diálogo sobre o projeto. “O governo quer dar total transparência a este processo. Como houve receptividade, vamos partir para as audiências públicas municipais”, explicou. “O governo não vai impor nada e não tomará nenhuma decisão sem que haja apoio da sociedade do Sudoeste”, disse.

Rossoni destacou que toda a sociedade deve participar dos debates sobre a concessão. Ele ressaltou que o governo também está pedindo a participação do Ministério Público, do Judiciário e do Legislativo no debate. Além dessa, outras reuniões devem acontecer em breve, em outras cidades da região para debater a proposta.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, disse que o projeto de implantação do Corredor Sudoeste tem que ser uma conquista de todos. “Este projeto vai virar realidade se tiver o aval de toda a sociedade do sudoeste do Paraná”.

Consórcio Caminhos do Sudoeste apresentou vídeo institucional do projeto. Foto: Divulgação Casa Civil Governo do Paraná

Consórcio Caminhos do Sudoeste apresentou todos os detalhes do projeto. Foto: Divulgação Casa Civil Governo do Paraná

Também participaram da reunião o presidente da Agência Reguladora do Paraná (Agepar), Cézar Silvestre; o presidente da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop); e prefeito de Marmeleiro, Luiz Fernando Bandeira; os prefeitos de Francisco Beltrão, Antônio Cantelmo Neto; e de Pato Branco, Augustinho Zucchi, o secretário estadual de Meio Ambiente, Antonio Bonetti, e os deputados estaduais Paulo Litro (PSDB), Vilmar Reichembach (PSC) e Guto Silva (PSD), além de representantes de associações regionais e entidades ligadas a industria, comércio e agricultura.

Durante o debate ficou decidido que o projeto deve ter continuidade. Houve participação e exposição favorável por parte de prefeitos, secretários municipais e autoridades que representam a segurança pública na região. Para o comandante da Sexta Companhia de Polícia Rodoviária Estadual, Tenente José Batista dos Santos, a restruturação do corredor Sudoeste é fundamental também para preservar vidas, visto elevado número de acidentes graves registrados no trecho todos os anos.

Auditório da Amsop ficou lotada para debate do assunto. Foto: Divulgação Casa Civil

Auditório da Amsop ficou lotada para debate do assunto. Foto: Divulgação Casa Civil

O delegado chefe da 19ª SDP de Francisco Beltrão, Valderez Sclaco, também se posicionou favorável ao projeto por entender que o mesmo trará relevantes benefícios a comunidade e a segurança pública. Mesma opinião foi compartilhada com representantes dos Batalhões da Polícia Militar de Pato Branco e Francisco Beltrão.

De acordo com levantamento do Debetran (Departamento Beltronense de Trânsito) a PR-483, em Francisco Beltrão, registra média de cerca de 6 mil veículos por dia. A estimativa é baseada na fiscalização eletrônica instalada no trecho da rodovia que passa pelo perímetro urbano de Francisco Beltrão, nos bairros Alvorada e Nova Petrópolis.

Saiba qual foi a média diária de janeiro a junho de 2016.

Janeiro (6.390); fevereiro (6.313); março (6.510); abril (5.767); maio (8.926) e junho (7.152).

Assista o vídeo de apresentação do projeto. O material institucional foi elaborado pelo Consórcio Caminhos do Sudoeste, com auxílio do DER/PR.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar