Show promovido pela Rede Bom Jesus de Comunicação e Rádio Onda Sul FM de Francisco Beltrão

Polícia Civil procura suspeito de assaltar loja no Bairro Alvorada

por Evandro Artuzzi em 1 de julho de 2018 17:54
por Evandro Artuzzi em 1 de julho de 2018 17:54

Nessa imagem, o suspeito aparece correndo pela calçada, sentido ao bairro São Miguel.

A Polícia Civil de Francisco Beltrão está trabalhado para identificar um homem que assaltou uma loja na Avenida Porto Alegre, no bairro Alvorada. O crime aconteceu no final da tarde do dia 22 de junho.

De acordo com a vítima, o homem entrou na loja de capacete e gritou que era um assalto. Ela aproveitou um momento de distração e saiu correndo para pedir ajuda. O suspeito foi até o caixa, pegou duas bolsas femininas e fugiu em direção à Rua Alagoas.

Testemunhas contaram que outro homem, de capacete amarelo, estava esperando e os dois fugiram de moto. Nas bolsas roubadas tinham vários cartões de crédito, R$ 1.600 em dinheiro, um talão de cheques com folhas assinadas e um molho de chaves e uma pulseira masculina em ouro, avaliada em R$ 7 mil.

As imagens das câmeras de monitoramento foram analisadas e a polícia trabalha para identificar o homem que cometeu o crime. Denúncias podem ser feitas anonimamente. Basta ligar para o telefone 197, que é o disque denúncia da Polícia Civil.

Polícia Civil procura suspeito de assalto em loja

A Polícia Civil de Francisco Beltrão está trabalhado para identificar um homem que assaltou uma loja na Avenida Porto Alegre, no bairro Alvorada. O crime aconteceu no final da tarde do dia 22 de junho. De acordo com a vítima, o homem entrou na loja de capacete e gritou que era um assalto. Ela aproveitou um momento de distração e saiu correndo para pedir ajuda. O suspeito foi até o caixa, pegou duas bolsas femininas e fugiu em direção à Rua Alagoas. Testemunhas contaram que outro homem, de capacete amarelo, estava esperando e os dois fugiram de moto. Nas bolsas roubadas tinham vários cartões de crédito, R$ 1.600 em dinheiro, um talão de cheques com folhas assinadas e um molho de chaves e uma pulseira masculina em ouro, avaliada em R$ 7 mil. As imagens das câmeras de monitoramento foram analisadas e a polícia trabalha para identificar o homem que cometeu o crime. Denúncias podem ser feitas anonimamente. Basta ligar para o telefone 197, que é o disque denúncia da Polícia Civil.

Posted by Evandro Artuzi on Sunday, July 1, 2018

Compartilhar