Paralisação dos caminhoneiros chega ao seu 7º dia em Chopinzinho

por Edson Zuconelli em 28 de Maio de 2018 15:26
por Edson Zuconelli em 28 de Maio de 2018 15:26

Foto: Marcos Monteiro.

A mobilização dos caminhoneiros chega ao seu 7º dia em Chopinzinho, sudoeste do estado, e com o apoio de toda a sociedade. O movimento que iniciou no dia 22 com apenas seis caminhoneiros, hoje recebe o apoio de agricultores, empresários e entidades do município.

Neste período de paralização, houve na quinta-feira (24) a mobilização do comércio da cidade. Os empresários fecharam as portas de suas lojas e junto com seus colaboradores foram em passeata até o trevo de saída para Coronel Vivida (PR-158) e Guarapuava (PR-281) ponto de concentração dos caminhoneiros. Na sexta-feira (25), os professores da rede estadual se juntaram aos caminhoneiros.

Neste último domingo (27) não foi diferente, uma grande mobilização da sociedade chopinzinhense chamou a atenção até dos organizadores do movimento. Muitas pessoas saíram em passeata pela avenida XV de Novembro, área central da cidade, juntamente com motociclistas, ciclistas, condutores de veículos, caminhões e até mesmo máquinas agrícolas estiveram se deslocando até o trevo para se juntar a causa dos motoristas.

Nesta segunda-feira (28) segundo os organizadores do movimento está sendo liberada a passagem de veículos de passeio, carros da saúde, ambulâncias, ônibus e também caminhões que transportam medicamentos, ração animal, aves e leite, com o adesivo da Defesa Civil.

Acompanhe a entrevista feita na manhã desta segunda-feira durante o Programa Manhã da Gente da Rádio Extra FM com os líderes do movimento:

Compartilhar