Show promovido pela Rede Bom Jesus de Comunicação e Rádio Onda Sul FM de Francisco Beltrão

Palmas teve 283 nascimentos no primeiro quadrimestre

por Ivan Cezar Fochzato em 13 de julho de 2018 9:42
por Ivan Cezar Fochzato em 13 de julho de 2018 9:42

Com a morte de cinco crianças menores de um ano, a taxa de mortalidade infantil em Palmas, sul do Paraná, fechou o primeiro quadrimestre de 2018 em 16,66 óbitos por mil nascidos vivos. Nesta semana foram divulgados, em Audiência Pública, os relatórios operacional e fiscal da área de saúde.

Em 283 nascimentos houve cinco óbitos de bebês ocasionados por doenças circulatórias(01); respiratórias(01) e afecções originadas no período perinatal(03). Nos últimos cinco anos a taxa média de mortalidade infantil no município é de 15.6 óbitos.

Na soma de mortes no município,entre janeiro e abril, o setor de saúde registrou 89 ocorrências, tendo como principais causas as doenças cardíaca e diabética(30); câncer(12) e mortes violentas, com 14 casos.

No primeiros quatro meses do ano, o município atingiu índice de aplicação de 27,37 % de sua receita na área de saúde, com gastos de R$ 11 milhões.Entre janeiro e abril foram distribuídos R$ 2,5 milhões de unidades de medicamentos e realizadas 48,2 mil consultas médicas, sendo 10.999 especializadas. Foram procedidas 1099 internações e realizados 8.485 exames. No período, o SAMU realizou 571 atendimentos e 14.372 procedimentos pela Vigilância Sanitária.

Compartilhar