Palestra de Mário Sérgio Cortella reuniu mais de 3.500 pessoas

por Francione Pruch em 5 de Fevereiro de 2018 21:38
por Francione Pruch em 5 de Fevereiro de 2018 21:38
Esta matéria utiliza fontes de: Everton Leite

Mário Sérgio Cortella / Foto: Assessoria

O Centro de Eventos Marabá ficou pequeno para os mais de 3.500 professores e outros convidados para assistir a palestra de Mário Sérgio Cortella. O evento integrou os trabalhos do começo de ano letivo da educação municipal em 18 cidades do sudoeste do Paraná. Realizado pelo Siccob, a palestra aconteceu na manhã desta segunda-feira (05) em Francisco Beltrão.

“Uma das coisas mais agradáveis é encontrar milhares de pessoas para gente pensar melhor o que temos que fazer. Somos homens e mulheres que nos dedicamos à educação escolar, essa educação não é isolada, ela não pode ser a única. Hoje me sinto muito bem aqui, porque estou entre colegas”. Comenta o filósofo, escritor e professor, Mário Sérgio Cortella.

Nascido em Londrina, Cortella mora há mais de 50 anos em São Paulo. Foi na maior cidade do país que construiu sua renomada carreira de professor e se tornou um dos principais pensadores nacionais.

Durante a palestra, o assunto debatido foi a mudanças na educação e a transformação do educador no dia a dia. “A gente precisa lidar com algumas virtudes para fazer melhor o que a gente faz. Mas a principal delas é a humildade pedagógica, isto é, estamos num mundo veloz e nós temos de aprender melhor aquilo que a gente precisa fazer”.

A palestra durou pouco mais de uma hora. Cortella defende que a escola deve fazer o papel de escolarização e a família de educar. “Não é a família que ajuda a escola na educação dos teus filhos, é o contrário. Escola faz escolarização, quem faz educação é você. Crianças ficam conosco em média cinco horas diárias e ficam outras 20 longe de nós”.

 

Compartilhar