Morre em Pato Branco Frei Nelson Rabelo

por Evandro Artuzzi em 17 de outubro de 2017 20:03
por Evandro Artuzzi em 17 de outubro de 2017 20:03

Frei Nelson Rabelo, 77 anos, se tratava de um câncer e morre as 18 horas desta terça (18). Foto: Marcelei Rossi/Diário do Sudoeste

Frei Nelson Rabelo, 77 anos, se tratava de um câncer e morre as 18 horas desta terça (18). Foto: Marcelei Rossi/Diário do Sudoeste

Morreu na tarde desta terça-feira (17) em Pato Branco, Sudoeste do Estado, Frei Nelson Rabelo, 77 anos. O franciscano estava internado no Hospital Policlínica Pato Branco, com problemas decorrentes de um câncer. No início do ano precisou fazer uma cirurgia de emergência para retirada de um tumor no cérebro. A morte foi confirmada pelo hospital as 18 horas.

Frei Nelson Rabelo, além de religioso, era jornalista formado pelo PUC (Pontifícia Universidade Católica), de Porto Alegre/RS com especialização em Londres. Frei Nelson Rabelo nasceu em 1940 na cidade de Cordislândia (MG) e ingressou no Seminário com 12 anos de idade. Foi ordenado em 1979, mas desde 1975 residia em Pato Branco, onde criou vínculo e passou a ser admirado pela comunidade por seu trabalho em prol da evangelização.

Outro fator que tornou Frei Nelson conhecido no Sudoeste foi a instalação da primeira emissora de TV da região, a TV Sudoeste. Além disso, foi o fundador da Missão SOS Vida, que atende dependentes químicos.

O franciscano somente se afastou do Sudoeste por um curto período para atuar na Rádio Vaticano. Falava seis idiomas e era admirado pelos colaboradores da Rede Celinauta de Comunicação (Rádios Celinauta AM e Movimento FM e a TV Sudoeste), onde atualmente ocupava o cargo de diretor de programação.

De acordo com o jornalista Ari Inácio de Lima, diretor de jornalismo da TV Sudoeste, o corpo de Frei Nelson Rabelo deve ser velado na Igreja Matriz São Pedro, a partir das 22 horas. O sepultamento será nesta quarta-feira (18). Familiares dele estão vindo de Aparecida (SP) para Pato Branco.

A comunidade católica regional e profissionais de imprensa lamentam o falecimento de Frei Nelson Rabelo. A Rede Bom Jesus de Comunicação, através de sua direção e funcionários, também lamenta a morte do franciscano e se solidariza à família e aos colegas da Rede Celinauta de Comunicação.

O Bispo da Diocese de Palmas/Francisco Beltrão., dom Edgar Ertl, lamentou o falecimento e enalteceu o trabalho prestado por Frei Nelson Rabelo em toda região. “Queremos agradecer pela vida em sacerdócio de Frei Nelson em nossa Diocese. Também nossa gratidão a ele pelo trabalho de evangelização em nossa Diocese através da igreja e dos meios de comunicação”.

Segundo Dom Edgar, pela fé cristã essa não se trata de uma perda, mas sim de uma Páscoa, ou seja, passagem e ressurreição. “É a proposta de Jesus, ele ressuscitou e todos aqueles que professam a sua fé também um dia serão ressuscitados, mas para isso nós precisamos passar assim como São Francisco falou, cuja congregação frei Nelson pertence, chamou a morte de irmã morte, então hoje ele recebeu pela sua doença, ele acolheu a morte e será acolhido hoje pela ressurreição dos mortos  pelo cristo que disse eu sou a ressurreição”.

Durante o período em que se tratava do câncer, frei Nelson gravou um vídeo que ganhou destaque nas redes sociais. mesmo diante do problema de saúde, não se mostrou abatido e fez questão de abençoar seus admiradores de modo geral.

Nota de pesar pelo falecimento de Frei Nelson Rabello

A prefeitura de Pato Branco emitiu nota oficial lamentando a morte de Frei Nelson Rabelo e, ao mesmo tempo, decretando luto oficial de três dias.

É com pesar que a população de Pato Branco recebe a notícia do falecimento do Frei Nelson Rabelo, que além de um líder espiritual, deixa uma trajetória de fé e amor ao próximo, em que ajudou a construir a história da nossa cidade. Visionário, também contribuiu para consolidar o ramo da comunicação no Sudoeste do Paraná.

Seu legado para as próximas gerações e sua memória permanecerão, para sempre, presentes na história das conquistas de Pato Branco e região.

Em sinal de respeito a este franciscano, decreto luto oficial de três dias em Pato Branco.

Pato Branco, 17 de outubro de 2017.

Augustinho Zucchi, prefeito de Pato Branco.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar