Ministério da Saúde autoriza R$ 22 milhões para construção de hospital intermunicipal

por Evandro Artuzzi em 23 de Fevereiro de 2018 17:04
por Evandro Artuzzi em 23 de Fevereiro de 2018 17:04
Esta matéria utiliza fontes de: Assessoria Amsop

Ministro Ricardo Barros (saúde) esteve em Francisco Beltrão para anunciar a obra. Foto de divulgação

O anúncio da liberação dos recursos para construção do hospital intermunicipal do Sudoeste lotou o auditório da Amsop nesta sexta-feira (23). A obra ainda precisa seguir alguns trâmites legais para ter início – como a oficialização da doação do terreno pela Prefeitura – mas a assinatura do convênio com o Ministério da Saúde já garante a construção do complexo hospitalar no bairro Água Branca.

O anúncio representa uma esperança para solucionar a questão hospitalar de 27 municípios da microrregião. “Hoje foi dado um importante passo para que tenhamos mais segurança no que se refere ao atendimento hospitalar de média complexidade. Não é esta uma solução definitiva, mas permite que tenhamos uma rede mais organizada e que atenderá uma população de mais de 300 mil habitantes”, afirma o presidente da Amsop, Moacir Fiamoncini.

O novo hospital deve ser construído próximo ao Hospital Regional, CRE e curso de Medicina da Unioeste, em Francisco Beltrão, e deve substituir os atendimentos do São Francisco, que está sob intervenção e deve deixar de atender pelo Sus. Os debates para construção de um novo hospital começaram ainda no fim do ano passado na Comissão de Saúde da Amsop.

O convênio foi assinado pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, que destacou o modelo de hospital optado pela região. “Do ponto de vista da gestão, a tendência hoje é de hospitais regionalizados, para que haja uma maior eficiência e otimização da estrutura. Foi isso que os prefeitos da região buscaram e nos apresentaram e que será concretizado em breve”, explicou Barros.

Nesta etapa de construção o governo federal irá repassar R$ 22 milhões. A estimativa é de que mais R$ 13 milhões sejam necessários para compra de equipamentos e mobiliários. Depois de pronto, o hospital deverá ser administrado através da ARSS (Associação Regional de Saúde), que integra os 27 municípios da 8ª Regional. 

Lideranças lotaram auditório da Amsop para recepcionar Ricardo Barros. Foto de divulgação

Lideranças compareceram

A construção do hospital intermunicipal foi viabilizada com apoio do deputado federal Nelson Meurer, que também esteve na cerimônia na Amsop. Além dele e do ministro, também participaram do evento o prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana, a vice governadora Cida Borghetti, o secretário de Estado de Meio Ambiente, Antonio Carlos Bonetti, e os deputados estaduais Wilmar Reichembach e Nelson Luersen.

O presidente da ARSS, Cezar Bueno e o presidente da comissão de Saúde da Amsop, Helton Pfeifer, além da chefe da 8ª Regional de Saúde, Cintia Ramos, representaram as instituições regionais de saúde.

Em entrevista à Onda Sul FM, o ministro Ricardo Barros comentou sobre o apoio do Governo Federal para viabilizar a obra, que vai atender a microrregião de Francisco Beltrão. Ouça no link abaixo a entrevista na íntegra.

 

Compartilhar