Show promovido pela Rede Bom Jesus de Comunicação e Rádio Onda Sul FM de Francisco Beltrão

Mais de 300 idosos participaram de encontro alusivo à qualidade de vida

por Francione Pruch em 9 de Abril de 2018 16:59
por Francione Pruch em 9 de Abril de 2018 16:59
Esta matéria utiliza fontes de: Assessoria

1º Encontro Cidade Amiga do Idoso movimentou o Largo da Liberdade / Foto: Assessoria

No último sábado, dia 07, Pato Branco recebeu o 1º Encontro Cidade Amiga do Idoso, promovido pelo Município, por meio da Secretaria de Assistência Social, juntamente com Comissão Rotária e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). A programação aconteceu no Largo da Liberdade e reuniu mais de 300 idosos, que participaram de atividades de recreação, lazer, jogos lúdicos, roda de chimarrão, entre outras atrações, promovidas com apoio da Secretaria de Esporte e Lazer e Secretaria de Saúde. O grupo Desbravadores Clube Luzes da Aurora também colaborou na realização das atividades.

A programação acompanhou as metas e políticas públicas desenvolvidas pelo Município, que visam ampliar as relações sociais dos idosos e construir contextos inclusivos para que a terceira idade permaneça ativa. “O encontro foi um momento oportuno para darmos ainda mais visibilidade às políticas públicas voltadas aos idosos e às estratégias que estimulam e potencializam a participação cidadã da terceira idade. Isso representa qualidade de vida, prevenção de isolamento e de eventuais agravantes que podem desencadear o rompimento de vínculos comunitários e familiares”, destaca a secretária municipal de Assistência Social, Anne Cristine Gomes da Silva.

Além da comunidade em geral, o encontro contou com a participação de grupos de idosos da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) – Faculdade de Pato Branco (Fadep), Viver Mais Unimed, Centro Dia, CEU das Artes e do Esporte, entre outros.

 

Reconhecimento

No mês de março, Anne participou de um encontro internacional que debateu a criação de políticas públicas voltadas à terceira idade. A Primeira Reunião da Rede Regional Latinoamericana de Comunidades e Cidades Amigas do Idoso, realizada em Guadalajara, México, de 20 a 22 de março, reuniu gestores e profissionais de diversos países. A única cidade convidada para participar e representar o Brasil, na ocasião, foi Pato Branco.

Em 2017, Pato Branco foi reconhecida como a 11ª melhor cidade para envelhecer no Brasil, considerando municípios com população entre 50 mil e 100 mil habitantes, pela Exame.com. No mesmo ano, foi assinado o termo de compromisso entre o Município e a Organização Mundial da Saúde (OMS), em busca da certificação de Pato Branco como Cidade Amiga do Idoso. No momento, o Município está aguardando certificação pela OMS.

 

Cidade Amiga do Idoso

Inicialmente, são 20 ações e 47 atividades específicas que compõem o Plano Municipal da Pessoa Idosa e o Plano de Ação do Programa Cidade Amiga do Idoso, que estão em fase de elaboração. Essas propostas de trabalho poderão ser ampliadas, a partir do resultado das pesquisas quantitativa e qualitativa que serão realizadas pela UTFPR – Câmpus Pato Branco, ainda neste ano.

“A implementação do Programa Cidade Amiga do Idoso vem contribuir, fortalecer e garantir a articulação intersetorial e interinstitucional dos programas, projetos e serviços relacionados à pessoa idosa existentes no Município. Neste sentido, estamos envolvendo os segmentos da sociedade civil organizada, empresários, instituições da rede pública e privada, servidores do Poder Executivo Municipal, membros do Sistema de Garantia de Direitos e membros do Conselho Municipal de Defesa do Idoso, na constituição de estratégias comuns e com foco em resultados que alcancem a melhoria na qualidade de vida dos idosos”, enfatiza Anne.

 

Compartilhar