MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Luersen critica novo aumento da conta de água acima da inflação

por Francione Pruch em 5 de Abril de 2018 17:26
por Francione Pruch em 5 de Abril de 2018 17:26
Esta matéria utiliza fontes de: Assessoria

O líder da bancada do PDT na Assembleia Legislativa, deputado estadual Nelson Luersen, criticou a decisão da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Paraná (Agepar), de autorizar, no último dia 28, um novo aumento da tarifa de água e esgoto, de 5,12%. Luersen lembra que esse percentual representa um aumento 61% acima da inflação do período medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 3,18%.

Entre 2011 e 2017, a tarifa já teve alta de 124%, para uma inflação acumulada no período de 48%. “Isso significa que somente nos sete primeiros anos do governo Beto Richa, a conta de água subiu 76% acima da inflação”, explica o deputado. No ano passado, o Procon do Paraná chegou inclusive a notificar a Sanepar para que justificasse os aumentos, depois que o bloco independente e a bancada de oposição na Assembleia pediram investigação ao órgão sobre os reajustes abusivos.

Além disso, a Agepar autorizou na semana passada um reajuste acima do pedido pela própria Sanepar, que era de 4,74%, sob a alegação de equilíbrio econômico-financeiro e compensação da mudança da data-base do aumento. No ano passado, a agência já havia autorizado um aumento de 25% para os próximos 8 anos.

“É um verdadeiro absurdo que uma empresa que sempre foi reguladora de preços no mercado, que levava em conta a importância social do acesso à água e esgoto, levando água às famílias do Paraná com um preço acessível, nos últimos anos infelizmente levou, devido à ganância dos investidores e do próprio governo, à uma sangria nas contas do povo paranaense”, diz Luersen, lembrando que esses reajustes abusivos são prejudiciais não só aos consumidores residenciais, mas a todo o setor produtivo, comércio, indústria e agropecuária, tirando a competitividade da economia paranaense.

 

Compartilhar