LOA de Palmas estima receitas de R$ 250 milhões para 2019

por Ivan Cezar Fochzato em 14 de dezembro de 2018 10:58
por Ivan Cezar Fochzato em 14 de dezembro de 2018 10:58

Foi publicada hoje(14) a Lei Orçamentária (LOA) do município de Palmas, sul do Paraná, estimando receitas e fixando despesas para o exercício financeiro de 2019. É a lei que garante o planejamento dos gastos públicos em todas as áreas de competência municipal, como educação, saúde, segurança, dentre outras. Para a Câmara a peça destina R$ 4.100.000 e R$ 245.900.000,00 para a Prefeitura.

A projeção para o próximo ano é 22,5% superior ao orçamento do atual exercício. Saúde com R$ 75 milhões e Educação com projeção de R$ 56 milhões terão os maiores orçamentos. Em seguida vem urbanismo, R$ 35,8 milhões; Administração, R$ 27 milhões e Assistência Social, R$ 16 milhões.

Em termos de arrecadação efetiva, o município de Palmas deverá superar os R$ 110 milhões em 2018. Até esta sexta-feira, já entraram nos cofres municipais R$ 106.021.592,55 e saíram pelos gastos R$ 92.714.291,68.  A maior conta é para pagamento de salários dos servidores ativos, aposentados e encargos trabalhistas que totalizam R$ 40, 5 milhões até hoje(14)

FOLHA DE PAGAMENTO

A venda da  folha de pagamento de servidores irá gerar R$ 1 milhão,770  mil ao município. O governo licitou o serviço e o certame foi vencido pelo Banco Itaú. O contrato  para operação os serviços de processamento e gerenciamento de créditos provenientes da folha de pagamento dos servidores da Prefeitura Municipal de Palmas–PR foi assinado no último dia 19, com validade de 60 meses, está publicado no diário oficial do município nesta sexta-feira(14)

 

 

 

Compartilhar