IFPR Palmas realizará obras de acessibilidade e plano de prevenção e combate a incêndio

por Guilherme Zimermann em 24 de outubro de 2017 8:15
por Guilherme Zimermann em 24 de outubro de 2017 8:15

Foi publicado na última semana, no Diário Oficial da União, o Edital para contratação empresa para elaboração dos Projetos Executivos, Execução das Obras de Acessibilidade e Plano de Prevenção e Combate a Incêndio do Campus Palmas do Instituto Federal do Paraná (IFPR). O valor máximo para os serviços é de R$ R$3.793.749,40.

Pontua o diretor-geral do Campus, Luciano Martignoni, que a obra é uma demanda de longa data. Parte dos recursos são oriundos do próprio Campus, outra parte da reitoria do Instituto Federal e ainda recursos do Ministério da Educação. Ouça:

 

Ressalta que por se tratar de recursos extra orçamentários, buscou-se agilidade para o empenho dessas verbas, sendo adotado o RDC (Regime Diferenciado de Contratações Públicas), na forma Eletrônica, em modo de disputa Fechado, com regime de Contratação Integrada. “É uma contratação fechada. A empresa analisa o termo de referência e faz uma proposta para o projeto e o custo de execução da obra”, explica.

Seguindo o critério de menor preço, a empresa que oferecer o maior desconto para execução dos serviços será a vencedora do certame. Porém, o edital determina um percentual máximo de desconto, para garantir que os participantes apresentarão propostas condizentes com a realidade e valores que permitam a conclusão das obras, visto que o modelo de RDC não permite a realização de aditivos financeiros nos contratos.

As propostas poderão ser enviadas até o dia 06 de novembro por meio do site www.comprasgovernamentais.gov.br. A sessão de abertura de propostas está marcada para as 10h e poderá ser acompanhada pelo próprio portal de compras. Os interessados poderão realizar visitas técnicas ao Campus, onde serão acompanhados por membros da comissão de licitações da instituição.

A previsão é que até o dia 16 de novembro o processo esteja concluída, com os recursos já empenhados para que a empresa vencedora da licitação possa iniciar a elaboração dos projetos. A expectativa é que até o primeiro semestre de 2019, todas as obras estejam concluídas.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar