MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

IAPAR promove II Encontro dos Produtores de Maçã em Palmas

por Ivan Cezar Fochzato em 1 de novembro de 2018 8:11
por Ivan Cezar Fochzato em 1 de novembro de 2018 8:11

No próximo dia 21 de novembro, será realizado o II Encontro dos Produtores de Maçã de Palmas, sul do Paraná. As atividades ocorrerão na Estação Experimental do Instituto Agronômico do Paraná(IAPAR). Estarão presentes diversos especialistas que ministrarão várias palestras sobre questões fitossanitárias, qualidade, produção e mercado para a pomicultura.

Conforme o coordenador da unidade, Wilson Schvieczrski, será um dia inteiro repasse de informações, troca de experiências e visitas técnicas aos pomares em pesquisa da Estação. Serão abordados temas sobre a dinâmica da dormência da maçã, tratamentos fitossanitários e orientações sobre o cancro europeu-doença que atinge as plantas produtoras e que atinge diretamente a produção pela necessidade de erradicação de plantas doentes.

“O evento tem o propósito de trazer novos conhecimentos aos produtores, trabalhadores das propriedades,  estudantes   e demais interessados, uma vez que o evento é aberto a todos e para  toda a região. Gostaria que participassem, principalmente, os agricultores familiares. Nós temos o objetivo de introduzir e fomentar a cultura da maçã nestas propriedades”, disse ele.

Pesquisa de porta-enxertos

Explicou que, além das palestras os participantes terão a oportunidade de conhecer o banco de germoplasma de cultivares diferenciadas que estão passando por cruzamento para identificar novas variedades. Foram identificadas 24 espécies tidas como como promissoras e, destas, cinco estão em fase de multiplicação. “Estamos há dez anos pesquisando e é provável que num prazo, não inferir a cinco anos, seja possível lançar uma nova variedade de maçã no mercado”, disse ele.

Pesquisas de novas cultivares estão em desenvolvimento há 10 anos. Foto: Ivan Cezar Fochzato/RBJ

Além desse trabalho, os participantes também conhecerão o desenvolvimento de pesquisa com porta-enxertos da linha CG, de origem  norte- americana. Isso permitirá, num prazo de cinco anos, oferecer aos produtores outras opções aos usuais Maruba e M9, onde são desenvolvidas as cultivares Gala e Fuji, por exemplo.

Conforme Schvieczrski,  para participar do encontro  basta ligar no (46) 3262 1401  ou no dia do evento.”É importante que façam as inscrições antecipadamente, pois pretendemos oferecer um almoço e assim nos ajudará muito na preparação”, disse ele.

PROGRAMAÇÃO

Compartilhar