MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Governadora visita áreas afetadas pelo granizo em Francisco Beltrão

por Evandro Artuzzi em 30 de junho de 2018 23:02
por Evandro Artuzzi em 30 de junho de 2018 23:02

Exército auxiliou na distribuição de telhas as vítimas do granizo. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

O sábado foi de muito trabalho para milhares de famílias que tiveram suas residências danificadas pelo granizo na noite de sexta-feira (29), em Francisco Beltrão, no Sudoeste do Estado. De acordo com a coordenadoria regional de Defesa Civil, cerca de 4 mil edificações foram danificadas.

Como medida emergencial, foram entregues 102 rolos de lona para 1.000 famílias e aproximadamente 5 mil telhas para 550 famílias. A Defesa Civil fez o levantamento aéreo, com a utilização de um drone para registro de fotos e vídeos das principais áreas atingidas.

O coordenador regional e comandante do Subgrupamento de Bombeiros Independente, Major Heitor Soster, comentou em entrevista à Rádio Onda Sul FM na tarde deste sábado (30) que durante o dia todo, servidores municipais, com auxílio do Corpo de Bombeiros fizeram a entrega das telhas nos endereços informados pelas vítimas.

Ouça reportagem Onda Sul FM…

Defesa Civil começa distribuição de telhas para famílias atingidas pelo granizo, em Francisco Beltrão.#evandroartuzireporter#OndaSulFM

Posted by Evandro Carlos Artuzi on Saturday, June 30, 2018

Governadora visita áreas atingidas

Ainda neste sábado (30), aproveitando a agenda na região, a governadora a Cida Borghetti fez uma visita para ver de perto os estragos causados pelo granizo em Francisco Beltrão. Ela visitou a casa em que a vendedora Ana Cláudia Guintzel, de 23 anos, mora de aluguel com o marido e dois filhos. A residência teve o telhado danificado pelo temporal.

Governadora Cida Borghetti esteve na casa da vendedora Ana Cláudia Guintzel, uma das vítimas do granizo. Foto: Jaelson Lucas/AEN

“Todos estão ajudando as mais de mil famílias que foram atingidas na região”, afirmou a governadora. “As famílias foram atendidas primeiramente com as lonas e telhas, mas o atendimento por parte da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros continua”, completou.

Ainda na noite de sexta-feira, a família de Ana Cláudia recebeu lonas do corpo de bombeiros para amenizar os estragos da chuva. No dia seguinte, o proprietário da casa providenciou telhas para consertar o telhado. “Uma chuva dessa proporção, com o tamanho das pedras que caíram, eu nunca tinha visto antes”, afirmou Antônio José Guintzel, pai de Ana, que estava na residência ajudando no conserto da cobertura da residência.

Ao ver o sofrimento das famílias com os prejuízos, Cida Borghetti lembrou que o Estado recebeu doação de um radar do governo japonês para a prevenção de desastres climáticos, e está adquirindo outros cinco equipamentos da mesma natureza. Um desses, segundo ela, será instalado em Francisco Beltrão para auxiliar o Simepar no monitoramento, possibilitando o envio de alertas informando a ocorrência de temporais.

Compartilhar