Enxame de abelhas se aloja em árvore no centro da cidade e bombeiros isolam local

por Evandro Artuzzi em 3 de Janeiro de 2018 15:40
por Evandro Artuzzi em 3 de Janeiro de 2018 15:40

A invasão de um enxame de abelhas mobilizou o Corpo de Bombeiros na manhã desta quarta-feira (3) em Francisco Beltrão, no Sudoeste do Estado. Os militares foram acionados por comerciantes da Avenida Júlio Assis Cavalheiro, na altura do calçadão central. No local foi constatado, em uma árvore do canteiro central, a presença de um enxame de abelhas. Para evitar ataques, o entorno foi isolado.

De acordo com o cabo Marcelo Petuco, o isolamento é para a segurança de pedestres e motoristas. “Isolamos para evitar que o barulho provocado pelas pessoas e carros estresse elas (as abelhas), assim é possível evitar os ataques”, disse.

Abelhas estão numa árvore do canteiro central e devem ser removidas a noite. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

Abelhas estão numa árvore do canteiro central e devem ser removidas a noite. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

Conforme ele, os insetos devem ser removidos no período noturno, quando não representam perigo. “Já conversamos com um apicultor que sempre nos auxilia e ele não garantiu que assim que escurecer e diminuir o movimento na avenida, fará a remoção, levando as abelhas para seu habitat natural, ou seja, uma área de mata”, adiantou.

Petuco lembra que a preocupação é sempre com a segurança, afinal, a picada de uma abelha gera muitos problemas, principalmente para pessoas alérgicas. Em casos assim, o melhor a ser feito é manter distância e aguardar o horário adequado e a presença de profissionais para que os insetos sejam removidos.

Em Francisco Beltrão, a invasão de abelhas no área urbana tem sido cada vez mais comum. Apicultores atribuem isso ao desmatamento.

Compartilhar