MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Empresário de Marmeleiro é preso em operação contra tráfico de drogas

por Evandro Artuzzi em 15 de Maio de 2018 14:30
por Evandro Artuzzi em 15 de Maio de 2018 14:30

O empresário Marmeleiro, no sudoeste do Paraná, Ivonei Remor, e outras 16 pessoas foram presos nesta terça-feira (15) durante uma operação contra o tráfico de drogas na região. A operação, denominada Cydonia/Passarela do Sudoeste, foi desencadeada no início da manhã pela Denarc – Divisão Estadual de Narcóticos, com apoio das subdivisões de Francisco Beltrão e Pasto Branco, e auxílio do GOA – Grupo de Operações Aéreas, da Polícia Civil.

Segundo a polícia, Remor é suspeito de comandar uma quadrilha de traficantes de drogas. A mulher e o filho também foram presos por agentes da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc).  O advogado Arão Zandoná, que defende o empresário e a família, disse que ainda não teve acesso às investigações por conta do sigilo, mas adiantou que os suspeitos negam qualquer acusação.  Durante a ação, foram apreendidos drogas – parte escondida em uma caixa de descarga -, R$ 26 mil, 11 carros, quatro caminhões e três máquinas usadas em serviços de terraplenagem.

Durante coletiva de imprensa, delegado Ivonei explicou como a organização agia. Foto: Evandro Artuzi/RBJ

Segundo o delegado da Denarc, Ivonei Oscar da Silva, as máquinas pertencem a Remor. As investigações indicam que o grupo criminoso levava cocaína, crack e maconha das regiões de Foz do Iguaçu, no oeste do estado, e Bela Vista (MS) para Marmeleiro, de onde a droga era redistribuída para traficantes de outras cidades.

“Ele [Remor] que negociava a droga. Ele que mandava vir a droga para o sudoeste do Paraná. Essa droga era distribuída aos demais traficantes, que revendiam aos consumidores ou redistribuíam para outros traficantes”, explicou Silva. “Ele não colocava a mão nessa droga. Ele alimenta e sustentava o tráfico.”

Por semana, o grupo movimentava cerca de 5 kg de cocaína e crack. 

Polícia Civil divulgou organograma do tráfico.

Mandados judicias

No total, foram expedidos 43 mandados judiciais: 19 de prisão preventiva e 24 de busca e apreensão.

As ordens foram cumpridas em Marmeleiro, São João, Pato Branco, Itapejara D’Oeste, Coronel Vivida, Foz do Iguaçu, e na cidade de Bela Vista, no Mato Grosso do Sul.  A Justiça determinou ainda o bloqueio de 19 contas bancárias.

De acordo com a Polícia Civil, a investigação ainda não foi concluída e outras pessoas podem ser presas.

Fotos: Polícia Civil

Compartilhar