Em Chopinzinho, Polícia Ambiental encontra Capivaras mantidas em cativeiro

por Evandro Carlos Artuzzi em 3 de Fevereiro de 2019 23:02
por Evandro Carlos Artuzzi em 3 de Fevereiro de 2019 23:02

Uma denúncia anônima recebida pelo Serviço Reservado da Polícia Ambiental (Força Verde) resultou na apreensão de uma arma, munições e na localização de quatro animais silvestres (capivaras) que eram mantidas em cativeiro. A ocorrência foi registrada no sábado (2), na comunidade de Linha Alegria, interior de Chopinzinho.

No local, os policiais encontraram os animais presos em um chiqueiro. As capivaras haviam sido capturadas por um homem, que não foi encontrado. Apenas a irmã dele estava na propriedade.

A mulher contou que está separada do marido e fez a entrega de uma espingarda calibre 36, munições e apetrechos para recarga, que seriam do ex. Ela foi encaminhada à 5ª SDP para prestar esclarecimentos. O irmão e responsável pelos animais silvestres não foi localizado. As capivaras foram soltas em um matagal nas proximidades.

A polícia recebeu ainda a informação de que na propriedade havia um filhote de Onça, porém nada foi constatado durante as buscas.

Imagens: Polícia Ambiental – Força Verde 

Capivaras eram mantidas em cativeiro no interior de Chopinzinho

Uma denúncia anônima recebida pelo Serviço Reservado da Polícia Ambiental (Força Verde) resultou na apreensão de uma arma, munições e na localização de quatro animais silvestres (capivaras) que eram mantidas em cativeiro. A ocorrência foi registrada no sábado (2), na comunidade de Linha Alegria, interior de Chopinzinho.No local, os policiais encontraram os animais presos em um chiqueiro. As capivaras haviam sido capturadas por um homem, que não foi encontrado. Apenas a irmã dele estava na propriedade.A mulher contou que está separada do marido e fez a entrega de uma espingarda calibre 36, munições e apetrechos para recarga, que seriam do ex. Ela foi encaminhada à 5ª SDP para prestar esclarecimentos. O irmão e responsável pelos animais silvestres não foi localizado. As capivaras foram soltas em um matagal nas proximidades.A polícia recebeu ainda a informação de que na propriedade havia um filhote de Onça, porém nada foi constatado durante as buscas.Imagens: Polícia Ambiental – Força Verde

Posted by Extra 107 on Sunday, February 3, 2019

 

Compartilhar