Delegado Grotti vai para o COPE. Novo chefe da DP assume hoje(02)

por Ivan Cezar Fochzato em 2 de agosto de 2018 10:13
por Ivan Cezar Fochzato em 2 de agosto de 2018 10:13
Palmas

Após dois anos na Comarca de Palmas como o delegado da Polícia Civil, Vyctor Hugo Guaitta Grotti, assumirá a função no Centro de Operações Policiais Especiais(COPE), na capital do Estado.

Nesta quarta-feira(01) ao participar do Programa Pauta Dinâmica da Rádio Club, fez uma avaliação positiva do trabalho desenvolvido em sua primeira delegacia.

Salientou que houve um comprometimento de toda a equipe policiais e servidores para implantar uma nova filosofia de polícia nos municípios de Palmas e Coronel Domingos Soares. Outro ponto foi o intenso trabalho investigativo que possibilitou resoluções rápidas de crimes dando os encaminhamentos necessários para a punição dos infratores.

Em relação ao novo delegado,  Grotti anunciou que será Felipe Silva de Souza, que assumirá suas funções ainda nesta quinta-feira(02).  Aprovado em recente concurso,  foi inspetor de polícia civil no Estado do Rio Grande do Sul.

Será a primeira vez que na polícia civil de Palmas haverá transmissão de cargo entre delegados.  Até então sempre houve longo período de vacância entre as nomeações para a função.

Em perfil em rede social, Grotti publicou “ontem foi meu último dia em Palmas como Delegado de Polícia. Fico extremamente feliz por começar minha carreira nessa cidade espetacular, que me possibilitou diversas experiências profissionais e novas amizades.

Além de todas as mudanças feitas, acredito que a ética e obediência à Constituição (principalmente no que se refere a direitos e garantias fundamentais) foram as quais mais me dediquei, sem exceção de casos: talvez um primeiro passo para uma polícia mais democrática e respeitosa, sem qualquer distinção.

Deixo a cidade amanhã com um ar de tristeza, pois ela me acolheu de uma forma bastante calorosa (ao contrário da temperatura daqui… rs), mas também feliz por ter novos desafios (agora em outro lugar).

Manifesto aqui a minha profunda gratidão aos Policiais Civis com que trabalhei, investigadores e escrivães – os quais me ajudaram nesses primeiros anos de policial-, estagiários, bem como a todos os amigos e parceiros que fiz, sendo impossível listá-los, pois certamente cometeria uma injustiça caso não citasse um sequer.
Um abraço a todos os Palmenses!

 

Compartilhar