BRF suspende produção de peru na unidade de Francisco Beltrão

por Francione Pruch em 26 de junho de 2018 8:19
por Francione Pruch em 26 de junho de 2018 8:19

A BRF, uma das maiores empresas de alimentos do Brasil, optou em suspender nesta segunda-feira (25), o contrato com os produtores de peru, paralisando a produção do produto na unidade de com unidade em Francisco Beltrão. A decisão é parecida com outra adotada no começo deste mês, quando a empresa decidiu encerrar a produção de peru na unidade do município de Mineiros, em Goiás. Segundo a BRF a produção está sendo centralizada na cidade de Chapecó, em Santa Catarina.

Para o Presidente da AVISUD (Associação dos Avicultores Integrado do Sudoeste do Paraná) Claudiney Colognese, “essa suspensão logo mais vira em rescisão de contrato. Com a suspensão, não é mais pago os dias parados. Esse acerto, a BRF vai fazer com cada um dos produtores”.

A decisão deve ocasionar o fechamento de 720 aviários e afetar aproximadamente 400 produtores. Desse total, metade da produção está em território beltronense. “Estamos bastante preocupados porque a cadeia de produção de peru era o sustento de muitas famílias que a tinham como fonte de renda. É uma situação problemática não somente para avicultura e sim para a cidade de uma forma em geral”, afirma Colognese.

Com a proposta de minimizar a crise, a empresa anunciou no dia 21, férias coletivas para 5.600 empregados de quatro fabricas localizadas nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Em Francisco Beltrão, além de suspender o contrato com os produtores, nos próximos dias funcionários no setor de abate do peru devem ser desligados da empresa.

 

Reunião

Visando ampliar o debate, a AVISUD promove nesta quarta-feira (27) uma reunião com os produtores de peru, frango e demais lideranças regionais. O evento acontece às 20 horas, no Auditório do Centro de Eventos, localizado no Parque de Exposições Jaime Canet Junior.

 

Compartilhar