AVISUD e BRF entram em acordo, propostas serão votadas durante assembleia

por Francione Pruch em 16 de julho de 2018 17:11
por Francione Pruch em 16 de julho de 2018 17:11

O desenrolar das negociações com a BRF, unidade de Francisco Beltrão foram encerradas sexta-feira (13), após sequências de reuniões entre a empresa e Associações do Avicultores Integrados do Sudoeste (AVISUD). Todo o impasse é o reflexo do fechamento da unidade de produção de peru, medida essa anunciada no dia 26 de junho e que deve afetar aproximadamente 400 produtores e fechamento de 720 aviários, além de gerar várias demissões.

Para minimizar o impacto, duas entidades estão negociando diretamente com a empresa. De um lado visando os direitos dos funcionários da unidade, o Sindicato dos trabalhadores nas Indústrias de Alimentação (STIA), do outro representando os agricultores a AVISUD.

Com as negociações avançadas, os agricultores já têm as propostas que a empresa deve cobrir nos próximos meses. São três pontos fundamentais, Indenização pelos investimentos realizados nos últimos dois anos, Indenização de dívidas em instituições financeiras e pagamentos pelos dias parados até o dia 17 de julho.

“Conseguimos que eles pagassem proporcional. Por exemplo, o produtor usou um ano e depreciou dez por cento, ele vai ganhar os 90 por cento do equipamento ou reforma do aviário”, destaca o Presidente da AVISUD, Claudiney Colognese.

Todos os pontos abordados nas reuniões serão apresentados aos agricultores durante assembleia que acontece às 20 horas, no Auditórios do Parque de Exposições Jaime Canet Junior. A expectativa é que mais de 300 produtores participem.

Compartilhar