Acusados de tentativa de latrocínio são presos em Ampére

por Evandro Artuzzi em 12 de Fevereiro de 2019 14:44
por Evandro Artuzzi em 12 de Fevereiro de 2019 14:44
Esta matéria utiliza fontes de: Assessoria Polícia Civil

Após um intenso trabalho de investigação realizado pela Polícia Civil, coordenada pela delegada de polícia e sua equipe de investigação, foram preso nesta segunda-feira (10), dois homens suspeitos de praticarem uma tentativa de latrocínio, em Ampére.

Além das prisões preventivas, que ocorreram na zona urbana e rural do município, foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados.

Relembre o caso

No dia 08 de dezembro de 2018, por volta das 21 horas, uma família foi abordada por dois assaltantes enquanto aguardava em seu veículo o portão da garagem fechar. O motorista, com o intuito de fugir do local, acelerou seu carro e conseguiu escapar.

No entanto, na fuga, um dos assaltantes efetuou um disparo de arma de fogo, que entrou pelo vidro frontal do veículo e o atingiu de raspão o peito do motorista. A família não teve maiores lesões e os criminosos não conseguiram subtrair seus bens.

A investigação

O crime passou a ser investigado após a apreensão do celular de um dos suspeitos, o qual trazia informações de como teria sido praticado o crime. Com isso, foi solicitada a prisão preventiva dos suspeitos ao Poder Judiciário, a qual foi decretada, após ouvido o Ministério Público.

Um dos investigados confessou a prática do delito em seu interrogatório. Segundo ele, o veículo seria trocado posteriormente por drogas. As investigações duraram cerca de dois meses. O Inquérito Policial será agora concluído e remetido ao Ministério Público em até 10 dias.

O código penal prevê pena de 20 (vinte) a 30 (trinta) anos para o crime de latrocínio. A tentativa é punida com a pena correspondente ao crime consumado, diminuída de um a dois terços.

Compartilhar