Acefb dá bom exemplo e adota animal de rua

por Evandro Artuzzi em 21 de Maio de 2018 15:14
por Evandro Artuzzi em 21 de Maio de 2018 15:14

De acordo com matéria publicada no dia 16 de maio deste ano no site http://franciscobeltrao.pr.gov.br/noticias/saude/campanha-de-castracao-de-caes-e-gatos/, deve entrar em funcionamento no segundo semestre, o tão esperado Centro de Zoonoses.  Cidades como Maringá e Curitiba possuem centros que procuram garantir o bem-estar de animais e da população, agindo no controle das zoonoses (doenças que podem ser transmitidas de animais para seres humanos) e na prevenção de epidemias.

Enquanto isso, a Associação Empresarial de Francisco Beltrão (Acefb) demonstra que é possível cuidar de animais abandonados. No mês passado o cãozinho SRD (Sem Raça Definida) foi adotado pelos colaboradores da entidade, que fizeram uma “vaquinha” para sua castração. O bichano recebe água e ração e sua cama está montada na varanda da entidade, junto ao parque de exposições. Ali ele passa boa parte do dia.

Amarelo convida o colaborador Willian Priori, da Acefb, pra dar uma volta pelo parque de exposições. Foto: Assessoria Acefb

Angelo Menin, coordenador do Núcleo de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nuvetz), vinculado à Acefb, fez a castração de Amarelo e fala da importância de cuidar desses animais. “Apesar do poder público ter por lei a obrigação de cuidar deles, sabemos o quanto é difícil muitas vezes conseguir com que isso seja realizado. Geralmente isso acontece em casos específicos, onde há a necessidade de atendimento emergencial ou até mesmo em casos onde um animal aparece na frente de sua casa ou empresa. Hoje, a maioria das clínicas veterinárias de nossa cidade se dispõe a atender esses animais com valores mais baixos, muitas vezes quase a preço de custo, pois entendemos que o cuidado com eles são responsabilidade de toda a população, visto que além do aumento no número dos animais de rua, também há o risco de zoonoses. Se cada um fizer um pouquinho a solução fica mais fácil”, opina Angelo.

Em Beltrão, a ONG Arca de Noé, que cuida de cães e gatos, está com uma campanha de arrecadação de fundos por meio de uma conta bancária. Basta acessar o Facebook da organização não governamental e saber como colaborar. As pessoas também podem se sensibilizar recebendo um animal em casa – temporário ou permanente, doando roupas e calçados para realização de bazar ou se tornando um voluntário.

Compartilhar