Seminário reúne especialistas na área educacional em Abelardo Luz

por Guilherme Zimermann em 20 de Abril de 2018 15:15
por Guilherme Zimermann em 20 de Abril de 2018 15:15

O Campus Avançado Abelardo Luz do Instituto Federal Catarinense (IFC) e a Secretaria Municipal de Educação realizaram nesta quinta-feira (19) o seminário “Qualidade Social da Educação: Desafios Contemporâneos e Protagonismo Local dos Diferentes Atores”. O evento reuniu professores, estudantes, membros do Ministério Público e especialistas da área educacional.

Entre os palestrantes, esteve o chefe da Área de Educação do UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância), professor Ítalo Dutra, que falou sobre a plataforma Busca Ativa Escolar. Explicou que o objetivo da ferramenta é contribuir para o combate à exclusão escolar, através da associação de esforços dos Sistemas de Ensino, da Assistência Social e do Ministério Público.

Detalhou que a plataforma conta com aplicativo para smartphone, canal exclusivo de SMS e um canal telefônico via 0800, como forma de dar suporte aos municípios para o enfrentamento da exclusão escolar.

Citando pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), destacou que mais de 2,8 milhões crianças e adolescentes estão fora da escola, daí a importância da plataforma Busca Ativa. “É uma maneira do UNICEF ofertar uma assistência técnica aos municípios, para que eles vão atrás dessas crianças que não estão na escola”, considerou. Ouça:

Também fez parte da discussão a implantação da Base Nacional Comum Curricular. O tema foi abordado pelo professor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Élsio Corá, que apresentou mais detalhes sobre a BNCC. “A Base é um conjunto de conhecimentos, norteado por objetivos e direitos de aprendizagem, que garantem que toda criança tenha alcançado objetivos, de acordo com cada etapa da aprendizagem”, explicou. Ouça:

Compartilhar