MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Museu Nacional: tentativa de recuperação orçada em R$50 milhões

por Juliana Raddi em 18 de outubro de 2018 17:19
por Juliana Raddi em 18 de outubro de 2018 17:19
Esta matéria utiliza fontes de: G1

(Foto: Vitor Abdala/ Agência Brasil/Agência Brasil)

 

No dia 02 de setembro um incêndio de grandes proporções no Museu Nacional em São Cristóvão, Zona Norte do Rio levou às cinzas uma parte da história. Cerca de 20 milhões de itens foram destruídos, entre eles fósseis, múmias, registros, documentos históricos e obras de arte.

A instituição completou 200 anos em 2018 e já foi residência de um rei e dois imperadores. A tentativa agora é de reconstruir parte do acervo que ainda está embaixo dos escombros.

(Foto: Reprodução/Museu Nacional/Facebook)

A instituição deveria receber o repasse de R$ 550 mil da Universidade Federal do Rio de Janeiro, porém há três anos só recebe 60% desta verba. A instituição sofria com a falta de verbas e chegou inclusive a realizar “vaquinha online” para conseguir manter algumas atividades, como reabrir a sala mais importante do acervo, onde ficava a instalação do dinossauro Dino Prata.

Esse descaso, vai custar aos cofres públicos o montante de R$ 50 milhões, valor solicitado na tarde desta quarta-feira (17) por gestores da instituição. Além de um prejuízo inestimável para a cultura e história do país. A maior riqueza cultural de um povo é a sua História, pena que nesse caso a maioria das peças ficará apenas na memória de quem teve a oportunidade de visitar o Museu ainda em atuação.

As Polícias Civil e Federal abriram inquérito para apurar as causas do incêndio, que ainda são desconhecidas.

(Foto: Ricardo Moraes/REUTERS)

Compartilhar