IFPR Coronel Vivida inicia mobilização para tornar-se um Campus independente

por Guilherme Zimermann em 2 de junho de 2017 9:49
por Guilherme Zimermann em 2 de junho de 2017 9:49

O Campus Avançado de Coronel Vivida do Instituto Federal do Paraná (IFPR) iniciou mobilização junto à sociedade civil regional para buscar a emancipação administrativa da instituição, tornando-se um Campus Autônomo. Atualmente, a unidade é subordinada ao Campus Palmas.

Segundo o diretor do IF Coronel Vivida, Evandro Marcos Leonardi, dada a evolução da unidade, o acréscimo de estudantes e a demanda por melhor estrutura docente, abertura de novos cursos, dentre outras necessidades, iniciam-se as movimentações para o processo de autonomia do atual Campus Avançado.

O docente reconhece as dificuldades para tratar do assunto, sobretudo no atual momento político do país, mas salienta a importância da participação da sociedade, tanto de Coronel Vivida como da região. “Além da política, isso envolve a comunidade, o pertencimento da comunidade diante dessa demanda”, ressalta, enfatizando que não se busca apenas a independência administrativa, mas ampliar o potencial da unidade, com a oferta de novos cursos, contratação de mais professores e ampliar sua estrutura física, por exemplo.

Destaca também o apoio de entidades da sociedade civil, prefeituras e câmaras de vereadores da região de Coronel Vivida sobre a demanda. “Nós acreditamos que se não à curto prazo, mas que logo nós tenhamos uma resposta em torno das nossas necessidades”, diz.

O Campus Avançado oferta atualmente o curso Técnico em Administração, integrado ao ensino médio, além de cursos de formação inicial continuada e EAD (Ensino à Distância), totalizando cerca de 650 alunos nas três modalidades. A direção aguarda a autorização do Ministério da Educação para a oferta de mais um curso presencial – Técnico em Cooperativismo – também integrado ao ensino médio.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar