MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Formação técnica terá atenção do próximo governo, avalia reitor do IFPR

por Guilherme Zimermann em 23 de novembro de 2018 14:08
por Guilherme Zimermann em 23 de novembro de 2018 14:08

A Rede Federal de Educação, Ciência e Tecnologia deverá receber fortes investimentos do próximo governo, sobretudo na formação técnica. A avaliação é do reitor pro tempore do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Dr. Odacir Antonio Zanatta.

Em visita a Palmas, Sul do Estado, nesta semana, ele participou da programação da Rádio Club e dentre vários assuntos, abordou sobre as perspectivas com relação ao governo de Jair Bolsonaro, que toma posse em janeiro de 2019.

Ao fazer uma retrospectiva sobre a história da Rede Federal, desde os Cefet’s (Centros Federais de Educação Tecnológica) e escolas técnicas, até os Institutos Federais e Universidades Tecnológicas, lembrou que durante os governos Lula e Dilma houve um impulsionamento dessa rede, que atualmente soma 650 unidades em 570 municípios do Brasil, abrigando 1,3 milhão estudantes e 72 mil servidores. “Ao assumir, o novo governo se depara com esse gigante e vai querer deixar sua marca registrada, então é natural que ocorram mudanças”, analisa.

Entretanto, Zanatta avalia que essas mudanças devem ser no sentido do fortalecimento da formação técnica, que, por se tratar de cursos mais rápidos, têm foco na geração de mão de obra e movimentação do mercado de trabalho. “Eu tenho essa tranquilidade de que a Rede Federal está sendo vista com bons olhos pelo novo governo, que deverá incentivar e estimular o seu crescimento”, afirma. Ouça:

Compartilhar