Valor da Cesta Básica dos palmenses diminuiu nos últimos 12 meses

por Guilherme Zimermann em 19 de julho de 2018 14:57
por Guilherme Zimermann em 19 de julho de 2018 14:57

A Cesta Básica de Alimentos (CBA) custou, em média, R$ 337,29  entre julho de 2017 e julho de 2018, no município de Palmas, Sul do Paraná. O levantamento foi realizado mensalmente pelo Setor de Estatísticas do Departamento de Jornalismo da Rádio Club/RBJ.

A metodologia adotada para a pesquisa é a mesma utilizada por órgãos que realizam levantamentos em nível nacional, como o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) que conduz a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada nas 26 capitais estaduais e no Distrito Federal.

Foram escolhidos cinco estabelecimentos do ramo supermercadista, localizados em diferentes pontos da cidade, como forma de buscar os preços praticados em realidades distintas  e aferir os dados com o máximo de confiabilidade.

Os produtos e quantidades que norteiam a pesquisa são definidos por um Decreto Federal, assinado pela Presidência da República, que apresenta uma lista de alimentos, com suas respectivas quantidades, e que seria suficiente para o sustento de um trabalhador em idade adulta. Dessa forma, a Cesta Básica é composta por: 6,6 kg (quilogramas) de carne moída classificada como de 1ª qualidade; 7,5 litros de leite longa vida; 4,5 kg de feijão preto; 3,0 kg de arroz; 1,5 kg de farinha de trigo; 6,0 kg de batata; 9,0 kg de tomate; 6,0 kg de pão francês; 600 gr (gramas) de café em pó; 9,0 kg de banana; 3,0 kg de açúcar refinado; 900 gr de banha suína; e 750 gr de margarina.

No primeiro mês da pesquisa, o preço da Cesta Básica ficou em R$ 344,87. Já no último levantamento, a média foi de R$ 335,38, uma diferença de -2,75%.

+ Valor médio da Cesta Básica em Palmas é de R$ 344,87

+ Queda de R$ 17,63 no preço médio da Cesta Básica em Palmas

Neste primeiro ano, o menor preço médio foi registrado no mês de novembro –  R$ 323,04. Por outro lado, no último mês de junho a média atingiu R$ 353,01.

Numa comparação entre os preços levantados no primeiro e no último mês da pesquisa, o leite foi o produto que apresentou a maior variação, subindo de R$ 2,68 em julho do ano passado para R$ 4,11, em média, neste mês. A batata aumentou 17,5%, enquanto que a farinha de trigo subiu 13,4%. O café e a margarina também apresentaram aumento de preço comparado ao inicio da pesquisa.

Na contramão, o tomate caiu 46,7%, seguido pelo açúcar, com 13,6%, e pelo arroz, com 11,4%. Feijão, pão francês, banana e a banha também  tiveram redução de preços. A carne foi o único produto que manteve o mesmo valor.

Compartilhar