Previdência Social acumulou déficit de R$ 57 milhões em Palmas no último ano

por Guilherme Zimermann em 16 de Maio de 2018 14:29
por Guilherme Zimermann em 16 de Maio de 2018 14:29
Palmas

A Previdência Social contabilizou um déficit de R$ 57,16 milhões em Palmas, Sul do Paraná, no ano de 2017. O valor é menor do que o registrado em 2016, mas ainda é 28% maior que a arrecadação previdenciária no último ano. Os dados foram obtidos pelo Setor de Estatísticas do Departamento de Jornalismo da Rádio Club/RBJ junto ao Ministério do Trabalho, Emprego e Previdência.

No último ano, os recolhimentos de todas as receitas incluídas nas Guias da Previdência Social – GPS, como de contribuições sociais (empresas, entidades equiparadas e contribuintes em geral), débitos e parcelamentos (administrativo e judicial), patrimoniais, devolução de benefícios, reclamatória trabalhista e outros, somaram uma arrecadação de R$ 44.489.126,00, cerca de 19,73% a mais que o obtido em 2016,

Já os gastos da Previdência, que são os pagamentos de todos os benefícios do Regime Geral de Previdência Social –  aposentadorias por tempo de contribuição, idade, especial, por invalidez; Auxílios-doença, acidente, família, maternidade, reclusão; Pensão por morte, Benefício de Prestação Continuada, entre outros, apresentaram redução de 1,96%, somando R$ 101.651.249,00.

Comparando os déficits registrados nos dois anos – 2016 e 2017 – houve uma queda de 14,08% na diferença entre a arrecadação e os gastos previdenciários no município sul paranaense.

Porém, o déficit do último ano, R$ 57,16 milhões supera os R$ 44,48 milhões arrecadados. Além disso, na comparação entre receita e gastos, as despesas da Previdência são 2,2 vezes maiores que o total recolhido em Palmas.

Por outro lado, o déficit de 2017 contrariou as previsões do governo federal, que apontava um rombo de R$ 77 milhões. Leia mais:

Déficit da Previdência Social em Palmas/PR deverá se aproximar dos R$ 77 milhões neste ano

Compartilhar