MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Indústria palmense tem queda de 22% nas exportações

por Guilherme Zimermann em 19 de junho de 2018 10:24
por Guilherme Zimermann em 19 de junho de 2018 10:24
Palmas

As exportações do município de Palmas, Sul do Paraná, caíram 22,2% em maio, comparado ao mês de abril. As informações são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). No último mês, a balança comercial do município contabilizou US$ 14,1 milhões (dólares). No acumulado do ano, de janeiro a maio, as vendas ao exterior somam US$ 80,8 milhões, cifra 22,7% maior que a registrada no mesmo período de 2017.

Segundo o MDIC, a principal causa para a queda nas exportações foi a paralisação dos caminhoneiros ocorrida em maio. Nas projeções do ministério, as exportações brasileiras caíram 36% nas duas últimas semanas de maio em razão da mobilização dos transportadores.

Principal produto exportado pela indústria palmense, a madeira compensada sofreu redução de 15,5% na quantidade exportada em maio, comparado ao mês de abril, caindo de 21,08 mil toneladas para 17,8 mil ton.

Já a carne suína apresentou queda de 11,2% no volume comercializado. Com isso, a movimentação financeira das exportações do setor frigorífico também caíram – cerca de 26,6%.

Mas a redução mais significativa ocorreu nas exportações do setor farmacêutico, através da Heparina. Em abril foram exportadas 256 toneladas do produto, gerando US$ 2,3 milhões. No mês de maio, o volume exportado foi de 68 toneladas, queda de mais de 73%.

Por outro lado, considerando o acumulado dos cinco primeiros meses do ano, as exportações de Palmas somam US$ 80,840 milhões, valor 22,68% maior que o contabilizado em 2017, resultado do desempenho da indústria no primeiro 4º quadrimestre deste ano.

Compartilhar