MAGAZINE DE NATAL EXCLUSIVIDADE RBJ.COM.BR

Reduzir a APA da Escarpa Devoniana é colocar em risco a vida

por Luiz Carlos em 14 de setembro de 2017 8:42
por Luiz Carlos em 14 de setembro de 2017 8:42

“O meio ambiente é um bem coletivo, patrimônio de toda a humanidade e responsabilidade de todos.” (Papa Francisco, Laudato Si, n. 95).

A Cáritas Brasileira Regional Paraná expressa em suas entidades membro, organismo da Conferencial dos Bispos do Brasil Regional Sul 2, observando o mandato evangélico que possui, manifesta-se contrária ao PL 527/2016 que pretende reduzir a Área de Preservação Ambiental da Escarpa Devoniana. Inspirada no Magistério do Papa Francisco, que assim se expressa: “o custo dos danos provocados pela negligência egoísta é muitíssimo maior do que o benefício econômico que se possa obter. Por isso, podemos ser testemunhas mudas de gravíssimas desigualdades, quando se pretende obter benefícios significativos, fazendo pagar ao resto da humanidade, presente e futura, os altíssimos custos da degradação ambiental.” Acreditamos que o cuidado dos ecossistemas requer uma perspectiva que se estenda para além do imediatismo, porque, quando se busca apenas um ganho econômico rápido e fácil, já ninguém se importa realmente com a sua preservação. A avaliação é do Comitê em Defesa da APA da Escarpa Devoniana, que congrega representantes da sociedade civil organizada que questionam o Projeto de Lei em tramitação na Assembléia Legislativa do Paraná que reduz em 70% a APA. Segundo biólogos e técnicos que integram o Comitê, a redução dos limites da área de proteção ameaça a sobrevivência de ecossistemas já ameaçados de extinção e as próprias comunidades, dentro e fora da APA. Sem as exigências previstas no decreto que criou a área de proteção e no Plano de Manejo que hoje limitam as atividades dentro da APA, a expansão dos plantios de “pinus” – árvore exótica, da mineração e do agronegócio, fatalmente acontecerá. Em todas essas atividades o uso de produtos químicos e agrotóxicos contamina o solo e a água que nasce em abundância na área preservada e abastece comunidades na região. A Cáritas Brasileira Regional Paraná entende que seus esforços e posicionamentos estão fortalecem a luta de outras entidades que também manifestam e atuam na defesa da APA da Escarpa Devoniana. A Cáritas Brasileira Regional Paraná considera uma temeridade a aprovação desse Projeto de Lei. Para a Cáritas, lutar pela preservação dos limites da APA é garantir vida aos pequenos agricultores, garantir segurança alimentar e nutricional, o agro extrativismo consciente e sustentável, a qualidade da água e o equilíbrio ambiental na região da Escarpa Devoniana. E assim continuaremos nossa luta em favor dos Direitos da Natureza.

Cáritas Brasileira Regional Paraná Curitiba, 12 de setembro de 2017.

Os comentários para esta matéria estão desabilitados. Caso deseje comentar sobre este conteúdo, fique a vontade em utilizar o botão do Facebook logo no inicio da matéria para compartilhar seus comentários através de seu perfil na rede social.
Compartilhar